Hipertensão arterial – O que é, sintomas, diagnóstico e tratamento

A hipertensão arterial é uma doença crônica que se caracteriza pelo elevado nível da pressão do sangue nas paredes das artérias, fazendo com que a pressão aumente. Costuma ser desenvolvida por hábitos ruins como o sedentarismo e altas taxas da ingestão de sal.

A hipertensão arterial é uma doença degenerativa e não tem cura, mas se o seu tratamento for realizado da maneira adequada existe um aumento da qualidade de vida do paciente.

O que é pressão arterial e pressão arterial sistêmica

Quando o sangue passa pelo coração ele é bombeado para os vasos sanguíneos com determinada força. Essa força exercida pelo sangue nas paredes dos vasos sanguíneos gera uma pressão denominada pressão arterial.

A pressão arterial possui dois valores: sistólico e diastólico. O valor sistólico é com relação ao bombeamento do sangue através do coração para o corpo, já o diastólico é o valor da pressão nos vasos sanguíneos provenientes desse bombeamento. O valor normal para a pressão arterial é 12 por 8.

A pressão arterial sempre sofre uma pequena oscilação, caso esteja apresentando muita oscilação de baixa para alta, de forma frequente, é essencial procurar entender a sua causa para corrigir e prevenir problemas futuros.

Ao apresentar um valor acima do normal não significa que o paciente possua a doença de hipertensão, pois a pressão pode oscilar em seu valor.

Já a pressão arterial sistêmica é a famosa hipertensão arterial, mais conhecida como pressão alta. A pressão alta pode ser uma condição crônica ou não de um indivíduo. A doença acontece porque a pressão exercida pelo sangue nos vasos sanguíneos é muito forte e descontrolada.

As causas da hipertensão arterial envolvem muito os fatores genéticos e hábitos alimentares. Uma pessoa com pré-disposição à doença, com hábitos alimentares ruins (excesso de gordura e sódio), obesidade e sedentarismo, tende a desenvolver a hipertensão arterial.

Sintomas da Pressão Arterial Sistêmica – Hipertensão

A hipertensão arterial geralmente é uma doença silenciosa ou aparece com sintomas que podem ser confundidos com outras enfermidades. É comum ser descoberta em idades mais avançadas, justamente pelo fato de ser necessário um acompanhamento médico frequente.

Pessoas que possuam a pressão arterial sistêmica podem apresentar sintomas como:

  • Tonturas frequentes ou ao realizar pequenos esforços
  • Palpitações, até mesmo em repouso
  • Cansaço em excesso, mesmo sem realizar atividades
  • Indisposição
  • Dores de cabeça, geralmente na região da nuca
  • Insônia
  • Enjoos
  • Visão embaçada ou dupla

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico da hipertensão arterial só é possível através de aparelhos específicos que realizem a medida da pressão arterial.

Caso haja suspeita da hipertensão arterial você pode utilizar um aparelho que meça a pressão arterial na farmácia ou se dirigir ao profissional responsável para verificação da pressão.

O tratamento da doença pode ser feito através de uma reeducação alimentar e com a utilização de medicamentos para regularização da pressão arterial sistêmica.

Tratamento com a alimentação

O tratamento com a alimentação consiste na eliminação de produtos industrializados e o aumento da ingestão de produtos naturais.

  • É importante que o hipertenso consuma o mínimo de sal possível, no máximo 2 gramas por dia.
  • Substituição do sal por outros temperos como cebola, alho, ervas aromáticas e muitos outros disponíveis.
  • Eliminação de alimentos industrializados, pois eles são ricos em sódio.
  • Evitar cafeína, frituras, doces e carnes vermelhas.
  • Incluir na alimentação: frutas, verduras, legumes e carnes brancas.
  • Tomar muita água.

Tratamento com exercícios físicos

Um hipertenso pode realizar atividades físicas moderadas para uma melhora do quadro clínico, desde que haja orientação médica e, preferencialmente, com o acompanhamento de um preparador físico.

tratamento fisico hipertensão
Tratamentos físicos para hipertensão arterial.

Atividades aeróbicas como a caminhada, por exemplo, são os mais indicados para pessoas hipertensas.

Tratamento com medicação

Tratar a hipertensão arterial com o uso de medicamentos anti-hipertensivos é a maneira mais frequente utilizada para a regularização da pressão, algumas das opções de medicamentos mais comuns são Enalapril, Lisinopril ou Losartana.

Os medicamentos para o tratamento da pressão alta podem ser adquiridos de forma gratuita através Farmácia Popular ou as que tenham o programa do Governo.

Fisiopatologia

A fisiopatologia é o estudo das funções anormais dos órgãos ou de aparelhos do organismo em decorrência de diversos fatores. No caso da pressão arterial sistêmica ocorre o estudo de fatores genéticos, como a hereditariedade e fatores externos, como a ingestão de muito sal na dieta.

Ainda, pesquisas médicas apontam relação entre a hipertensão arterial com outras doenças, dentre elas a obesidade.

Os estudos que relacionam a pressão arterial sistêmica com outras doenças, tem como objetivo determinar se realmente elas estão diretamente ligadas e o que pode ser feito para que haja o tratamento efetivo de ambas as doenças sem o comprometimento da saúde do paciente.

Hipertensão arterial pulmonar

A hipertensão arterial pulmonar é uma doença rara que atinge as artérias do pulmão e do coração. Ela age dificultando a passagem sanguínea por essas artérias e faz com que o coração fique sobrecarregado, pois precisa de mais força para bombear o sangue de forma que consiga passar pelo percurso.

Hipertensão arterial pulmonar
Hipertensão arterial pulmonar: tudo sobre esta doença que afeta muitas pessoas.

Geralmente, ocasiona desmaios e um demasiado cansaço, que piora com o tempo e começa a ser sentido mesmo com a realização de pequenos esforços. Em casos graves, é necessário a internação do paciente e até mesmo um transplante pulmonar (o que pode gerar complicações como uma possível rejeição do órgão).

Os sintomas da hipertensão arterial pulmonar podem envolver dores no peito, tontura, cansaço, falta de ar, inchaço em membros inferiores e tosse crônica. Aproveite para conferir os remédios caseiros para tosse.

Pessoas com hipertensão arterial pulmonar devem realizar atividades físicas leves, com a supervisão de um profissional e podem ser tratadas com medicamentos diferentes dos anti-hipertensivos, como os remédios anti-coagulantes, vasodilatadores e bloqueadores de cálcio.

Esta hipertensão é rara e perigosa, deve ser acompanhada por um profissional médico para que sejam realizados os tratamentos apropriados o quanto antes, caso contrário, pode gerar até a morte do paciente. O diagnóstico da hipertensão arterial pulmonar pode ser realizado com radiografias na região do tórax, devido as alterações causadas pela doença.

Tome cuidado com a hipertensão arterial, observe os sintomas e comece agora mesmo seu tratamento. Comente e curta nossa página do Facebook!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTaquicardia ventricular
Próximo artigoTratamento Natural: 8 Remédios Caseiros para Febre
Universo da Saúde - Um portal com conteúdos de qualidade sobre saúde, doença, causas, tratamentos, remédios caseiros e cuidados. Aproveite nossos conteúdos gratuitos e tome cuidado com a sua saúde.