Licopeno – O que é, seus benefícios, onde encontrar e preços

A busca por medicamentos, suplementos e alternativas capazes de nos prevenir do maior número de doenças possíveis é uma realidade nos dias de hoje. Inclusive por isso que o Licopeno tem sido um dos maiores alvos de pesquisa e interesse do público.

Tudo por causa dos muitos benefícios do licopeno e como se sabe, o custo benefício de qualquer coisa se faz cada vez mais importante. Quem não quer um medicamento que traga tantas coisas boas para a saúde?

Por isso que, seguindo a bula do Licopeno, fizemos esse conteúdo explicitando sua função na prevenção de doenças como o câncer, o Alzheimer, o Parkinson e até mesmo a ação retardadora do envelhecimento, uma das maiores procuras quando se fala de tratamentos naturais.

Nesse conteúdo você encontrará de forma muito objetiva tudo o que precisa saber a respeito da ingestão equilibrada de licopeno, seus benefícios e malefícios quando mal administrado, além do modo como ele funciona no seu organismo, como toma-lo e os preços médios em que ele pode ser encontrado. Boa leitura!

O que é?

O Licopeno, segundo sua bula, é uma substância famosa por sua coloração vermelha que pode ser encontra em muitos alimentos que reproduzem essa mesma coloração, como o tomate por exemplo. Além disso se tornou mais conhecido por suas propriedades e benefícios que fornece para a saúde do nosso organismo.

licopeno o que é
O licopeno é mais encontrado em alimentos de coloração vermelha e pode trazer muitos benefícios para a saúde

O licopeno não é encontrado somente em alimentos vermelhos, mas também em alimentos com variação do tom, como por exemplo no mamão, cenoura, melancia, goiabas e uvas, sem esquecer é claro do tomate, que além de rico em licopeno é um dos alimentos mais conhecidos quando se fala dessa substância.

Como não é uma substância produzida de forma natural pelo corpo humano, porém nos auxilia em diversas funções do organismo, o licopeno pode ser ingerido e adicionado ao nosso dia a dia de forma a suplementar nossa alimentação.

Entre suas características mais conhecidas, além da pigmentação vermelha, estão suas propriedades antioxidantes que lhe abrem amplitude para o tratamento de diversos males, inclusive o combate aos radicais livres.

Benefícios

Não são poucos os benefícios do licopeno e boa parte deles se originam em decorrência de sua ação antioxidante no combate dos radicais livres. Só essa característica já traria benefícios suficientes, uma vez que o combate aos radicais é um ótimo jeito de retardar o envelhecimento.

Além disso, essa ação antioxidante proporciona paralelo ao retardamento do envelhecimento a produção de colágeno do corpo, deixando a pele mais macia e viva, em alguns casos evitando até mesmo a flacidez.

O combate aos radicais livres também se faz importante por sua capacidade de prevenção de doenças como o Alzheimer, o Parkinson e até mesmo a diabetes.

A ingestão de licopeno também trabalha diretamente na proteção da pele, por que protege toda a superfície como em uma camada contra os raios ultravioleta, numa espécie de protetor solar de origem natural.

Como toda propriedade de levantar a imunidade do organismo, de fazer com que a disposição se renove e se reduzam as sensações de fadiga e cansaço, o licopeno também previne doenças como o câncer e doenças ligadas à próstata.

Como age no organismo?

Quando ingerido no organismo o licopeno tem somente uma parte sua absorvida, tendo em sua grande maioria de ligações excretadas por conta do funcionamento do próprio organismo.

No entanto, embora a quantia absorvida dessa substância seja de até trinta por cento, já é o suficiente para que a funções do medicamento sejam eficazes.

Ao serem absorvidos, os licopenos passam diretamente pela mucosa intestina para a membrana da célula, de modo que se aglutinam a ela formando quase que uma coisa só e somente a partir dessa junção é que são transportados para o fígado.

A ação do licopeno na corrente sanguínea onde executa todo seu trabalho só acontece após o momento em que ele se encontra no fígado depois de todo esse processo.

A partir daí, iniciam-se as produções dos seus aliados para a saúde do organismo como um todo e combate aos radicais livres e possíveis fatores que possam ser prejudiciais.

Licopeno e o Câncer

Entre as maiores buscas e pesquisas da área da ciência e saúde atualmente certamente se encontra a cura do câncer, doença que teve seu percentual de vítimas diminuído consideravelmente de uns anos para cá embora ainda não apresente uma cura.

No entanto, atualmente existem algumas formas de tratamento contra o câncer e graças a ciência também conhecemos algumas substâncias anticancerígenas como é o caso do licopeno, inclusivo em origem natural através dos alimentos.

É do conhecimento de todos que tem alguma intimidade com os benefícios do licopeno que sua ingestão regular é um excelente tratamento na prevenção do câncer, podendo inclusive retarda-lo segundo inúmeras pesquisas e estudos feitos ao longo do tempo.

O câncer em que o licopeno se apresenta como melhor medicamento quanto à prevenção é o câncer de próstata, infelizmente um dos que mais mata no nosso país devido a muitos tabus e preconceitos.

Além disso, a função do licopeno segundo estudos também se apresenta positiva na prevenção dos cânceres de esôfago, colo do útero, pulmão, pâncreas e boca.

Consequências da Ingestão em Excesso

É sempre importante ressaltar que a diferença entre o remédio e o veneno é justamente a dosagem do licopeno. Logo não dá para ter a esperança que um remédio tão poderoso como o licopeno será bem-sucedido se não tiver sua quantidade respeitada.

Por isso se faz necessário sempre a presença e orientação de um médico responsável através da prescrição do medicamento. Até por que, somente um médico após consulta e análise de sua situação poderá te orientar de maneira correta, portanto evite a automedicação.

Em todo caso, se ainda assim acontecer um problema de superdosagem é necessário procurar um médico imediatamente por que os sintomas podem ser pesados, nenhuma novidade tendo em vista a potência que o licopeno oferece.

Entre os sintomas de quem faz a ingestão demasiada de licopeno estão as dores abdominais seguidas de cólicas, gases e inchaço, podendo acontecer também sintomas de náuseas e vômito.

Além disso, a dosagem de licopeno exagerada do medicamento pode provocar mudanças notáveis na pele e sua textura, como explicaremos melhor nos efeitos colaterais. Em casos específicos de reação alérgica ao medicamento, as mudanças na pele podem ser mais agressivas e se expandir por todo corpo.

Onde encontrar

O licopeno pode ser encontrado em sua forma natural através de alimentos como a melancia, o tomate, a goiaba, cenoura e uvas, mas também pode ser comprado e consumido como suplemento.

Os suplementos de licopeno são muito comuns e tem se tornado cada vez mais populares, eles podem ser encontrados em lojas especializadas de suplementação ou em comércios que trabalhem com produtos de origem natural para tratamento de diversas doenças.

Caso você não encontre na sua cidade, existem boas lojas virtuais, inclusive de farmácias confiáveis, vendendo suplementos de licopeno e entregando para todo o Brasil.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais do Licopeno podem ser em casos onde ocorra a reação alérgica como já citado, onde a pele pode apresentar hipersensibilidade ou apresentar sintomas semelhantes a urticária e erupções causando pequenas lesões.

Os efeitos colaterais também podem ser consequência da superdosagem do medicamento, conforme explicitado acima e por isso deve ser utilizado com cautela.

É importante equilibrar a questão dizendo que todos nós estamos sujeitos a erros e a possibilidade de errar a dosagem de qualquer medicamento devido a alguma distração, preocupação do momento ou stress do dia a dia.

No entanto, esse é um erro que pode ser evitado se nos policiarmos de modo a sempre tomar um medicamento com toda a atenção possível. Principalmente algo nesse porte, segundo a bula do Licopeno os seus efeitos são muito severos ao corpo.

Ainda assim, caso o erro aconteça, por desatenção ou inconscientemente é necessário que você pare a medicação imediatamente e procure um médico sem hesitar. É muito comum que após erros como esse as pessoas tendam a procurar um médico no dia seguinte ou esperar algo acontecer, não seja essa pessoa.

Esteja sempre em alerta para qualquer reação que o medicamento possa causar, mesmo que se ingerido na dosagem certa, e comunique seu médico sempre sobre qualquer novidade.

Preços

O preço do Licopeno pode variar assim como o modo como ele pode ser comercializado e consumido. Existem muitas marcas que produzem o licopeno e em alguns casos o medicamento é adicionado a outras fontes de nutrientes formando um mix de benefícios para a saúde.

licopeno resultados
O licopeno deve ser consumido em quantidades moderaras para não prejudicar a sua saúde

No entanto, não se deixe enganar por essas promessas de mais benefícios e mais possibilidades, a recomendação deve ser do seu médico de acordo com suas necessidades e não com o medicamento mais atrativo.

O preço do Licopeno pesquisado ficou numa margem que depende exclusivamente de sua quantidade. No caso do Licopeno Sundown de 10mg e 60 cápsulas, a margem de preço estava em torno de R$115,00. Já o preço do Licopeno Vit Gold 5 mg e 100 cápsulas, em torno de R$60,00.

Procure saber com seu médico que tipo de Licopeno você deve tomar e sua dosagem, se possível pergunte também a respeito da marca que tenha mais credibilidade e confiança para ser consumida.

Gostou deste artigo sobre Licopeno? Então deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!