Reposição hormonal- Como funciona e quem pode fazer.

Diversas pessoas, homens ou mulheres quando chegam na fase dos 40 a 50 anos de idade procuram uma forma de retardar o envelhecimento, assim como também amenizar os seus sintomas.

Uma das formas mais procuradas é a reposição hormonal, ou seja, por meio dos estrógenos e progesterona.

Porém, muitos possuem dúvidas quanto reposição hormonal e os efeitos colaterais referente a esta reposição hormonal, inclusive referente ao desenvolvimento do câncer, seja o da próstata, de mama ou até mesmo de útero.

De todo modo, para realizar qualquer tipo de reposição hormonal, o mais indicado é procurar um médico, justamente para que possa saber quais os caminhos a serem seguidos e se determinado tratamento trará benefícios ou malefícios a saúde.

A reposição hormonal é realizada por meio do consumo de medicamentos que possuem a finalidade de realizar a reposição dos níveis de estrogênio e progesterona, aliviando assim, no caso das mulheres os sintomas referentes a menopausa.

O escopo é fazer uma compensação quanto aos hormônios que os ovários pararam de produzir justamente no período da menopausa, que costuma ocorrer a partir dos 45 anos de idade.  Os hormônios que não são mais produzidos, isto é, a progesterona e o estrogênio passa a serem repostos por remédios indicados por um profissional qualificado.

como é feito reposição hormonal
Veja mais sobre a reposição hormonal e como este procedimento é feito

Inclusive, a reposição hormonal pode ser realizada pelo consumo de medicamentos ou até mesmo por adesivo grudado diretamente na pele.  O tratamento pode durar de 2 a 5 anos, porém dependerá muito do estado de casa mulher.

Além disso, há o mito que a reposição hormonal engorda, porém é o contrário, a reposição hormonal traz uma melhora de vida para a pessoa.

Muitas pessoas acham que menopausa e climatério possuem o mesmo significado, mas não tem.

A menopausa ocorre entre os 45 a 55 anos de idade e é um período com início e fim determinados.  É a menopausa que delimita as fases do climatério, ou seja, a pré-menopausa e a pós-menopausa.

Cientificamente, a menopausa é a data que marca a última menstruação e menarca, a primeira.

O climatério é o período em que há a mudança corporal da mulher, pois há a produção reduzida de hormônios pelo ovário, determinando assim o término do período reprodutivo da mulher.

No climatério, existem duas fases, sendo elas:

  • Pré-menopausa – Acontece entre 45 a 55 anos de idade, no período de dois anos antes da última menstruação. É possível reconhecer a pré-menopausa, pois a menstruação fica irregular e não mais mensal. É quando surgem vários sintomas e transformações físicas e emocionais, que estão relacionados a esta queda da produção de hormônios.
  • Pós-menopausa – É o período do acontecimento da menopausa até os 65 anos de idade.

Você também pode gostar destes conteúdos:

A menopausa é um evento inevitável para qualquer mulher, porém não podemos dizer o mesmo dos sintomas comuns que ocorrem durante o climatério, porque há mulheres que passam por esta fase sem ter qualquer sintoma.

Durante o climatério vários são os sintomas que as mulheres podem ter, sendo alguns:

  • Surgem os fogachos, que são as chamadas onda de calor que as mulheres podem sentir subitamente. Quando há os fogachos, juntamente também pode ocorrer palpitações cardíacas, fadiga muscular.
  • Os ciclos menstruais começam a ser irregulares com alteração na quantidade do fluxo de sangue.
  • Redução da libido, dor à penetração, infecção urinária
  • Modificação na pele, unhas e cabelos
  • Irritabilidade, perda de memória, ansiedade
  • Modificação na distribuição de gordura corporal
  • Há perda de densidade óssea que é característica da osteoporose
  • Aumento do risco de câncer de mama

Infelizmente, não há como ser evitados todos os sintomas do período de climatério, porém existem tratamentos e remédios naturais com finalidade de amenizar ou até eliminar esses sintomas.

Quem pode fazer reposição hormonal?

A reposição hormonal pode ser feita tanto pela mulher, quanto pelo homem.

A mulher necessita fazer a reposição hormonal quando entra na menopausa isso ocorre entre os 45 e 55 anos de idade, com isso há o término da produção dos hormônios responsáveis pela reprodução feminina.

Já os homens, quando entram na andropausa, há a redução da produção da testosterona.

Opções de reposição hormonal natural

Muitas são as pessoas que optam em realizar a reposição hormonal natural, então abaixo listamos algumas plantas que possuem propriedades para o combate aos sintomas tanto da menopausa quanto da andropausa.

Erva-de-são-cristóvão – Possui propriedade anti-inflamatória, e é muito utilizada para amenizar as cólicas.  O chá pode ser feito com uma colher das folhas secas desta planta e mais 200 ml de água quente.

Árvore-da-castidade – Esta planta é ótima para realizar o equilíbrio hormonal, pois tem como finalidade aumentar o processo de produção da progesterona. O chá é feito por meio de 2 colheres de sopa da erva já seca e 200ml de agua quente.  Posteriormente, coe e beba ainda morno.

Ginseng Siberiano – É excelente para o bom humor.  Trata-se de um antidepressivo e também ajuda com a libido, com o stress. O chá é feito com a raiz que deve medir mais ou menos 1 cm e com 200 ml de água quente.  Coe e posteriormente, bebe ainda morno.

Amora Negra – É um dos remédios naturais mais indicados pelos médicos, já que ela faz com que seja amenizado ou até eliminado as ondas de calor e também diminui a oscilação dos hormônios. O chá é feito com 5 folhas do pé de amora e mais 200 ml de água quente.  Coe e em seguida beba, ainda morno.

Reposição hormonal masculina

Os homens sentem a redução da produção de hormônios, porém os sintomas não são tantos como sentidos pelas mulheres, com isso, pode até acontecer dos homens, sequer sentir qualquer sintoma.

A reposição de hormonal masculina pode ser feita por gel, adesivos ou até mesmo injeções.

Diferente do que ocorre com a mulher, que com a chegada da menopausa, cessa o ciclo reprodutivo, com o homem não há esta parada, mas tão-somente a redução da fertilidade.

A contraindicação deste tratamento é para as pessoas portadoras do câncer de próstata ou mama.

Os sintomas quando sentidos pelos homens no período da andropausa são: Redução do interesse sexual, dificuldade de ereção, ausência de concentração, aumento da gordura corporal, entre outros.

Resultados reposição hormonal
Os resultados da reposição hormonal podem variar, mas são todos benéficos para nossa saúde

Caso este artigo sobre reposição hormonal tenha lhe ajudado, deixe um comentário e curta O universo da saúde no facebook!