Home / Cirurgias / Abdominoplastia: A Cirurgia Plástica que Remove a Flacidez do Abdômen

Abdominoplastia: A Cirurgia Plástica que Remove a Flacidez do Abdômen

Um dos problemas mais temidos das mulheres é engordar e ver a barriga ser a primeira a denunciar o ganho de peso. Gravidez e idade são fatores que contribuem para uma barriga mais saliente e flácida, mas isso pode ser resolvido com a abdominoplastia.

Abdominoplastia é um procedimento cirúrgico que visa deixar a barriga chapada para sempre, pois ocorre a queima de gordura e a musculatura é costurada, com isso, a pessoa só precisará se preocupar em manter o peso ideal.

Mas para que não haja dúvidas, o conteúdo abaixo esclarece tudo sobre a abdominoplastia e quanto custa esta plástica abdominal.

O que é abdominoplastia?

O abdômen é a primeira parte do corpo a se sobressair quando a pessoa engorda ou emagrece demais. Fatores como má alimentação e sedentarismo (que causa acúmulo de gorduras na região) influenciam no tamanho da barriga, mesmo para quem é magro.

Mas isso deixa de ser um problema com a abdominoplastia, uma cirurgia plástica que consiste na remoção do excesso de gordura e pele presentes no abdômen.

Os músculos são costurados após a queima das gorduras, por conta disso, não há probabilidade da gordura voltar ao local, e conseguintemente, a pele não se tornará flácida.

Indicações da abdominoplastia

A abdominoplastia é indicada a mulheres (que não desejam ter mais filhos) e homens saudáveis, que não conseguem deixar a barriga lisa e dura mesmo com atividades físicas, para quem perdeu peso e ganhou flacidez no abdômen. Após uma gravidez, a mulher pode ficar com a barriga flácida, a quem também é indicada a plástica abdominal.

Como é feita a abdominoplastia?

Para a redução do volume abdominal é necessário 6 passos:

1. É aplicada uma anestesia peridural;
2. Incisão no formato de semicírculo que vai dos pelos pubianos até o umbigo;
3. Elimina o acúmulo de gordura no abdômen;
4. Amarra os músculos do abdômen (costura) para a barriga ficar mais firme;
5. Costura a pele do abdômen até a região pubiana;
6. Coloca o umbigo de volta a sua posição.

anestesia peridural abdominoplastia
A anestesia peridural deve ser utilizada para que o procedimento de abdominoplastia seja realizado

Além de eliminar a pele flácida da barriga, as estrias no abdômen (se houver) também são removidas, o que leva a abdominoplastia a ser uma das cirurgias plásticas mais requeridas.

O processo de cicatrização varia de paciente, mas a cicatriz, apesar de grande, situa-se junto aos pelos pubianos, e não tende a aparecer com o biquíni ou cueca.

Tempo de duração da abdominoplastia

Todo o procedimento da cirurgia por abdominoplastia dura cerca de 2 a 4 horas, e o paciente permanece no hospital de 2 a 4 dias, dependendo de cada um.

Variações da abdominoplastia

Em alguns casos, é possível optar por outros tipos de cirurgia plástica, as chamadas variações da abdominoplastia. São elas:

  • Mini abdominoplastia – para a remoção de pouco acúmulo de pele;
  • Mini abdominoplastia ampliada – pouco acúmulo de pele e musculatura frouxa;
  • Lipoaspiração – para retirar a gordura localizada.

Contraindicações da abdominoplastia

A cirurgia plástica não deve ser realizada em casos de:

  • Menores de 18 anos;
  • Alergia anestésica;
  • Problemas de coagulação sanguínea;
  • Cicatrizes abdominais, como na colecistectomia.

O cigarro constitui um grande problema para os vasos sanguíneos, por essa razão, a avaliação médica precisa ser mais rigorosa antes do procedimento.

Pré-operatório da abdominoplastia

Antes de marcar a cirurgia, a saúde do paciente será avaliada. Durante a consulta, alguns dados precisam ser relatados, como doenças prévias, medicamentos usados, alergias, tabagismo, número de gestações, cicatrizes abdominais, etc.

Exames de ultrassonografia da parede e cavidade abdominais para saber se o paciente não tem patologias como hérnia, colelitíase, urolitíase, dentre outras. Uma avaliação clínico cardiológico também deverá ser solicitada.

Fumantes devem suspender o cigarro 30 dias antes da cirurgia plástica sob o risco do fumo prejudicar a cicatrização, levando a pele a sofrer necrose (morte do tecido).

Pós-operatório da abdominoplastia

O pós-operatório requer repouso durante os 10 dias subsequentes à cirurgia, evitando deitar-se de bruços (barriga para baixo) e tomar banho de chuveiro nos primeiros dias.

Enquanto o paciente está internado, é necessário utilizar:

  • Dreno, para drenar os líquidos acumulados após a cirurgia;
  • Cinta modeladora, para evitar acúmulo de líquidos. Recomenda-se o seu uso por no máximo 30 dias. Nos primeiros 8 dias, não se deve remover a cinta nem para tomar banho, apenas depois de 8 dias. Após o período de 30 dias, usar a cinta à noite por mais 30 dias.
  • Meias de compressão, para impedir que coágulos se formem. Devem ser retiradas apenas para tomar banho. O tempo máximo é de 2 meses, quando o paciente pode retornar às suas atividades físicas.

Também é recomendado manter o tronco inclinado para a frente em 15º e as mãos sobre a barriga, como se estivesse apoiando-a. A posição ajuda a aliviar as dores e deve ser mantida por até 15 dias ou até a dor desaparecer.

O que é possível fazer após 30 dias da cirurgia

  • Fazer caminhadas longas;
  • Exposição ao sol com protetor solar (fps 30);
  • Ter uma vida sexual moderada;
  • Carregar peso com mais de 20 kg.

O período para carregar peso se prolonga caso tenha havido algum reparo de hérnia.

Alimentação após cirurgia

Nas primeiras 4 horas do pós-operatório, o paciente não pode comer nem beber nada, a fim de evitar náuseas e vômitos que podem abrir a recente cicatriz.

Após esse período, é liberado a ingestão de pão, chá, sopas e torradas, devendo-se manter uma alimentação leve e saudável, sem condimentos e frituras, para que não ocorra problemas intestinais, como a prisão de ventre.

Você também pode gostar destes artigos:

E quanto a exercícios físicos?

É imprescindível fazer massagens nas pernas durante as manhãs e as noites, além de movimentar pés e pernas a cada 2 horas, pois isso evita a formação de coágulos.

caminhadas abdominoplastia
Caminhadas leves podem auxiliar na recuperação da abdominoplastia

Caminhadas em ritmo devagar, sempre usando roupas confortáveis e tênis são bastante indicadas, caso o paciente não sinta dor.

Exercícios físicos mais pesados, como musculação devem ser evitados por um período máximo de 3 meses, dando preferência a atividades mais leves como a natação e a bicicleta até a total recuperação.

Riscos da abdominoplastia

Nenhum procedimento cirúrgico está livre de riscos, e no caso da abdominoplastia os mais prováveis são:

  • Equimose (manchas roxas na pele);
  • Abertura de corte;
  • Edema;
  • Alterações da sensibilidade;
  • Seroma (conjunto de líquidos formados por deslocamento do tecido).

Algumas complicações, ainda que raras, podem surgir, tais como infecção, necrose da pele, grandes hematomas, cicatrizes deformadas (cicatriz queloide, hipertrófica, hiper ou hipocromias, dentre outros), além de tromboembolismo, trombose dos membros inferiores e outras complicações sistêmicas.

Tratamentos coadjuvantes da abdominoplastia

A drenagem linfática é altamente recomendada para ajudar na cicatrização e na boa recuperação do paciente. O tratamento deve ser realizado alguns dias depois da cirurgia, desde que não riscos ao paciente.

Preços da abdominoplastia

Os valores da cirurgia plástica depende do local onde será realizado o procedimento e das características de cada paciente, se a cirurgia será uma mini abdominoplastia ou não, por exemplo.

A média dos preços pode variar de R$ 3.000 a R$ 12.000. É preciso levar em conta também a decisão de fazer uma lipoaspiração, pois os valores tendem a aumentar, dependendo do profissional e do hospital onde o paciente será submetido à operação.

É bom lembrar que a abdominoplastia existe apenas para remover o excesso de gordura do abdômen, não devendo ser uma alternativa no combate a obesidade. Pessoas com obesidade precisam emagrecer ou se submeterem a lipoaspiração antes da cirurgia plástica abdominal, pois a abdominoplastia não vai participar na redução de peso.

Caso este artigo sobre abdominoplastia tenha lhe ajudado, deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!


Veja!

cirurgia plástica

Cirurgia plástica – Veja as cirurgias mais realizadas atualmente

Muitas são as pessoas que querem fazer algum tipo de cirurgia plástica em alguma parte …