Home / Tratamentos e Remédios Naturais / Betacaroteno – O que é, para que serve e alimentos que contém betacaroteno

Betacaroteno – O que é, para que serve e alimentos que contém betacaroteno

Existem várias substâncias presentes nos alimentos que contribuem para a manutenção do organismo, além de trazer inúmeros benefícios.

Para ter uma pele saudável, unhas e cabelos mais bonitos, não é necessário depender apenas do uso de cosméticos. Elementos naturais podem trazer essas vantagens ao corpo, sendo um deles o Betacaroteno.

O Betacaroteno pode se transformar em vitamina A dentro do organismo, essa vitamina é responsável por contribuir com várias ações importantes no corpo humano, como o tratamento para problemas dermatológicos.

Esse artigo tem o propósito de explicar o que é Betacaroteno, para que serve, quais são os alimentos que contém Betacaroteno, seus benefícios, problemas ligados a deficiência do Betacaroteno, quantidade recomendada, suplementos de betacaroteno e riscos do consumo em excesso.

Saiba mais sobre o Betacaroteno e esclareça suas dúvidas com relação ao assunto.

O que é

O Betacaroteno é um carotenoide, portanto, é responsável pela pigmentação natural de vegetais e alguns alimentos, como frutas e legumes, estando presente na cor alaranjada da cenoura e no vermelho do caqui. Ele também pode ser encontrado em alguns suplementos alimentares.

Essa substância quando consumida pode se tornar vitamina A no organismo e atuar como antioxidante auxiliando na proteção das células da atuação negativa dos radicais livres.

Metade da porcentagem de vitamina A presente no organismo é resultado da obtenção do betacaroteno, conhecido também como pró-vitamina A.

Um efeito interessante dessa substância é que ela contribui no bronzeamento da pele.

Existe uma crença que o Betacaroteno pode engordar, o que não é verdade, pois ele possui baixas calorias. Casos de alergia advinda desse elemento é muito difícil, a ingestão é fundamental e traz vários benefícios ao ser humano. Contudo, a obtenção do Betacaroteno em excesso pode gerar alguns problemas.

Para que serve

O betacaroteno é importante tanto para os seres humanos quando aos animais, adquirido por meio da alimentação. No corpo essa substância desempenha funções relevantes como a manutenção do organismo e a sensação de bem-estar.

Esse elemento pode ser usado para reduzir problemas de pele, por exemplo, a deficiência causada pela Protoporfiria Eritropoiética, sendo ela uma patologia hereditária que faz o paciente produzir poucas enzimas, isso resulta em danos na heme, uma estrutura muito importante da hemoglobina.

Para tratar essa doença o paciente receberá doses do betacaroteno dependendo da situação, podendo auxiliar na proteção da pele contra os raios ultravioletas e minimiza a Fotossensibilidade.

O Betacaroteno também é usado por marcas de cosméticos em suas composições para potencializar o bronzeamento.

Alguns alimentos industrializados são pigmentados pela utilização do Betacaroteno.

Alimentos com Betacaroteno

 Normalmente os alimentos que possuem mais betacaroteno são aqueles que tem as cores amarelo ou laranja, porém não são todos. Segue abaixo algumas comidas com essa substância:

  • Cenoura;
  • Manga;
  • Melão;
  • Mostarda;
  • Goiaba;
  • Melancia;
  • Caqui;
  • Abóbora;
  • Brócolis;
  • Pimentão vermelho;
  • Beterraba;
  • Batata doce;
  • Laranja;
  • Espinafre;
  • Tangerina;
  • Acerola;
  • Nabo;
  • Damasco;
  • Pimentões;
  • Abobrinha;
  • Tomates;
  • Couve;
  • Grãos integrais;
  • Óleos.
fontes de betacaroteno
Os alimentos que contêm betacaroteno são benéficos para a saúde, mas devem ser quantidades moderadas do mesmo

Obter o nível certo de Betacaroteno no organismo é bastante fácil, o consumo de qualquer alimento acima citação já resolve.

Para ser mais exato 100 gramas de cenoura, é igual a 4 vezes do indicado para consumo diário.

A absorção pode ser potencializada através de comidas com índices de gordura, como o azeite.

Você também pode gostar destes conteúdos:

 Benefícios

O Betacaroteno traz consigo vários benefícios fundamentais ao corpo. São eles:

Manutenção dos ossos:

Essa substância ajuda no crescimento dos ossos, promovendo a proteção do colágeno e a estabilização de minerais como o cálcio, magnésio, entre outros.

Possibilita melhorias na visão:



Ele protege a córnea e todas as estruturas pertencentes ao olho. Combate as conjuntivites inflamatórias, ressecamento do olho e minimiza os efeitos da catarata.

Fortalecedor de unhas e cabelos:

Como auxilia na preservação de colágeno, ele gera bons resultados para o cabelo tornando-o mais bonito e saudável, além de unhas mais fortes.

Proteção da pele:

Como combate os radicais livres e protege o colágeno, ajuda no antienvelhecimento da pele, melhorando a cor e elasticidade.

Antioxidante:

Atuando como antioxidante ele reduz a reação de oxidação das células.

Evita problemas cardíacos:

Existem pesquisas e estudos realizados por médicos pesquisadores que identificaram a ação do Betacaroteno como auxiliador para evitar problemas cardíacos e visuais.

Redução do colesterol ruim:

Dificulta a ação de uma enzima que participa da síntese de colesterol, portanto, retrai a alta concentração de colesterol na corrente sanguínea.

Sistema imunológico:

O Betacaroteno aumenta a capacidade do sistema imunológico de produzir células participantes na defesa do organismo contra micro-organismos invasores. Isso foi percebido em indivíduo que consomem bastante a substância.

Deficiência de betacaroteno

 A deficiência de Betacaroteno é responsável por problemas de visão, cegueira noturna, ressecamento dos olhos, inflamação ocular, baixa imunidade, danos a aparência da pele, perda de cabelo, enfraquece as unhas, falta de proteção ao aparelho cardiovascular e irritação da pele.

A glândula tireóide de pessoas que possuem baixos níveis de betacaroteno no organismo podem produzir hormônios em excesso. Neste caso o aumento do consumo pode normalizar no corpo os índices do mesmo.

A deficiência pode ser detectada por meio de exames laboratoriais de sangue.

A incidência maior de baixos níveis do Betacaroteno ocorre principalmente nos países que estão em desenvolvimento.

Quantidade recomendada

A quantidade para o consumo do Betacaroteno irá variar bastante dependendo da idade do indivíduo.

É recomendada a dosagem para:

  • Homens: devem ingerir por dia 3.000 UI;
  • Mulheres: recomenda-se consumir diariamente 2.300 UI;
  • Crianças até seis meses de idade: devem obter por dia 1.320 UI;
  • Crianças de 7 a 12 meses: o ideal é ingerir no dia 1.650 UI;
  • Crianças entre 1 e 3 anos: devem consumir diariamente 1.000 UI;
  • Crianças de 4 a 8 ano: indica-se obter durante o dia 1.320 UI;
  • Crianças de 9 a 13 anos: recomenda-se o consumo diário de 2.000 UI.
Quantidade recomendada de betacaroteno
Exceder a quantidade recomendada de betacaroteno pode causar males a saúde

No caso de dúvidas da quantidade exata para consumo é indicado a consulta com um médico, assim também para as pessoas que desejam fazer a obtenção do Betacaroteno em cápsulas de suplementos.

Suplementos de betacaroteno

 A utilização do Betacaroteno através de cápsulas de suplemento alimentar é recomendada para situações em que são identificados os sintomas do baixo nível da substância, onde esteja resultando em deficiências para o organismo.

Se uma pessoa não consome frutas ou verduras ricas em Betacaroteno, pode ser indicada a ingestão por meio da suplementação, porém essa prescrição deve ser feita exclusivamente pelo médico.

O complemento alimentar pode ser comprado em farmácias presenciais ou virtuais e lojas de suplementos, eles se apresentam em grande diversidade de opções no mercado. As versões de cápsulas podem conter de 6000UI a 25,000UI.

Riscos do consumo em excesso

O consumo em excesso desse elemento pode resultar em disfunções no organismo, como é o exemplo da carotedermia, nela a pele fica com uma cor amarelada. Essa patologia se emprega normalmente em indivíduo que faz a ingestão constante e em altas quantidades de alimentos com o Betacaroteno.

Outra desvantagem do uso em altos níveis dessa substância é o bloqueio da absorção de vitamina A. Essa barreira ocorre devido a uma certa molécula do betacaroteno que faz o efeito contrário, isso acaba gerando prejuízos, onde o organismo somente receberá um número mínimo de vitamina A em relação ao que realmente precisa.

Gostou deste conteúdo sobre betacaroteno? Então curta agora mesmo nossa página do Facebook: O universo da saúde no facebook!


About Portal Universo da Saúde

Universo da Saúde - Um portal com conteúdos de qualidade sobre saúde, doença, causas, tratamentos, remédios caseiros e cuidados. Aproveite nossos conteúdos gratuitos e tome cuidado com a sua saúde.

Check Also

dor couro cabeludo

Dor no couro cabeludo: causas e tratamentos

A dor no couro cabeludo é uma sensação incômoda e parece que o couro está …