Home / Cirurgias / Cirurgia de estrabismo – Como é feita, para quem é indicada e preço

Cirurgia de estrabismo – Como é feita, para quem é indicada e preço

Com o avanço da medicina, realizar a correção de alguma parte do corpo que é desproporcional ou anormal se tornou cada vez mais fácil.

Existe uma condição que causa o desalinhamento de um ou ambos os olhos, conhecida por Estrabismo, geralmente ocorre no período da infância, podendo acontecer também na vida adulta devido a alguns fatores.

Essa patologia oftalmológica é capaz de resultar em problemas psicológicos e sociais ao indivíduo portador, devido à aparência não convencional dos olhos, as pessoas podem olhar com estranheza, principalmente porque a aparência é um fator muito relevante para boa parte da sociedade.

Para se corrigir a direção dos olhos e levantar a autoestima, pacientes tem recorrido à cirurgia de Estrabismo.

Este artigo abordará a cirurgia de Estrabismo, explicando do que se trata, como é feito o procedimento, para quem ela é indicada, pré e pós-operatório, quais os riscos e preço.

Saiba mais sobre a cirurgia de Estrabismo e esclareça suas dúvidas com relação ao assunto.

O que é

A cirurgia de Estrabismo é um procedimento que tem o objetivo de alinhar a direção dos olhos, o problema que causa o desalinhamento é o Estrabismo, nele o paciente pode ter um ou os dois olhos voltados para dentro ou para fora.

cirurgia de estrabismo o que é
A cirurgia de estrabismo corrige a direção dos olhos e ainda pode ser utilizada para problemas visuais mais graves

Essa condição pode resultar em dupla visão ou diplopia e até mesmo a perda da visão.

A patologia pode surgir devido a vários fatores distintos. Sendo as possíveis causas:

  • Dificuldade em coordenar o movimento dos olhos;
  • Elevada hipermetropia, que resulta na aproximação forçada dos olhos para compensar a dificuldade de visão;
  • Baixa visão;
  • Doenças neurológicas;
  • Traumatismo craniano;
  • Doenças genéticas;
  • Mau desenvolvimento dos olhos e do cérebro;
  • Doenças oculares;
  • Doenças infecciosas;
  • Problemas na tireoide;
  • Diabetes e hereditariedade.

A cirurgia de Estrabismo pode ser uma forma eficaz para resolver o problema, ela é bastante procurada para tratamento da condição.

Contudo, o procedimento cirúrgico igualmente como outros, pode apresentar alguns riscos e até não resolver completamente a situação.

Para as pessoas interessadas em realizar essa técnica cirurgia, é necessário que seja feita primeiramente a avaliação do tipo de estrabismo, assim como a verificação do quadro clínico.

O profissional responsável durante a consulta oftalmológica indicará o tipo de tratamento ideal para cada situação apresentada.

Caso seja recomendada a cirurgia, serão realizados alguns exames para verificar o grau do estrabismo e saber então quais músculos podem ser operados.

Como é feita

Para o procedimento em crianças normalmente é aplicado à anestesia geral. No caso de adolescentes ou adultos, geralmente é indicado à anestesia do tipo local com sedação, dessa forma o paciente não verá e não sentirá nada, a sua respiração funcionará normalmente sem a necessidade de aparelhos.

Aplicada à anestesia é feita uma limpeza e assepsia nos olhos. São colocados sobre o paciente lençóis com o propósito de proteger contra contaminações.

Os olhos são mantidos abertos por meio de um afastador para evitar qualquer movimento das pálpebras. O médico fará pequenas incisões nos músculos do olho para alinhá-lo.

A cirurgia de Estrabismo oferece dois essenciais tipos de procedimentos, no primeiro é feito o enfraquecimento muscular do olho, já no segundo é realizado o fortalecemos. O músculo é colocado na região correta, onde será suturado no globo ocular.

Os pontos feitos durante a cirurgia absorvem entre 3 a 4 semanas do procedimento, por isso não é preciso removê-los.

Finalizada a cicatrização, normalmente não serão visíveis sinais ou marcas que aquela pessoa realizou uma cirurgia.

O tempo de realização da mesma pode variar a depender do grau de complexidade e do número de músculos a serem manipulados. No entanto, para a maioria dos casos ocorre entre 20 a 60 minutos.

Terminado o procedimento será recomendado pelo médico que o paciente aguarde em observação por algumas horas, depois disso ele receberá a alta que acontece no mesmo dia.

Para quem é indicada

A cirurgia do estrabismo é recomendada a todos os casos de desalinhamento intenso que cause incômodo e incapacite a atividade funcional do olho, assim como para melhorar o aspecto estético do indivíduo.

No caso das crianças, geralmente as indicações tem como propósito melhorar a função visual, existindo indicações de acordo com o tipo de desalinhamento para cada idade, além da capacidade visual.

Para os adultos normalmente são realizadas com finalidade estética, porém existem casos de dupla visão causados pelo Estrabismo, onde é indicado a cirurgia.

Pode ser recomendada para os casos de:

  • Presença de diplopia persistente;
  • Binocularidade reduzida ou ameaçada;
  • Posição anormal da cabeça causando o desalinhamento ocular;
  • Diminuição do campo visual;
  • Fins estético.

Quanto mais cedo for a avaliação do paciente com estrabismo, mais rápidos e bem sucedidos serão os resultados.

Além da cirurgia podem ser recomendadas outras formas terapêuticas como a aplicação de colírios, uso de óculos corretivos, exercícios ortóticos com o objetivo de fortalecer os músculos, tampões para o olho normal, assim o olho com deficiência será estimulado a corrigir a direção.

Geralmente o procedimento cirúrgico somente tem indicação clínica quando o desalinhamento volta depois de corrigido ou se existe um elevado grau de intensidade do mesmo.

Em certas situações o médico pode solicitar a aplicação de toxina botulínica como opção para correção do Estrabismo.

Contraindicações

A cirurgia de Estrabismo é contraindicada para portadores de diabetes, pessoas que possuam problemas cardíacos e indivíduos que tenham hepatite.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Pré e pós-operatório

O pré-operatório da cirurgia de Estrabismo ocorre primeiramente através de exames oftalmológicos que pode variar entre cada paciente.

A internação acontece geralmente no dia da operação, exceto em situações especiais. O indivíduo não poderá comer ou beber água no dia de realizá-la.

O procedimento precisa ser feito no centro cirúrgico com estrutura e equipamentos próprios para identificar e resolver com rapidez qualquer complicação que venha a surgir durante a cirurgia.

O pós-operatório é tranquilo, finalizado o procedimento é feito um curativo no olho do paciente, geralmente a alta é dada no mesmo dia.

É normal sentir dor moderada, ela pode ser aliviada com o uso de anti-inflamatórios e analgésicos. A sensação de “areia nos olhos” pode ser sentida, mas passa em alguns dias.

O aparecimento de lágrima róseo-sanguinolenta some no período de 1 a 2 dias.

É comum a percepção de visão dupla inicialmente depois da cirurgia, isso ocorre porque o cérebro precisa se acostumar à nova direção do olho, mas passa logo na 1º semana.

O resultado final aparece com duas semanas do procedimento.

As atividades habituais podem retornar depois da primeira semana, com exceção de esforço intenso.

Riscos

Os riscos da cirurgia de Estrabismo são poucas, podendo ser: dupla visão, infecção ocular, sangramento ou redução da capacidade de enxergar. No entanto, esses riscos podem não ocorrer quando o paciente segue todas as indicações médica.

Preço

O valor em média de uma cirurgia de estrabismo particular é entre R$ 2.500 a R$ 5.000, pode variar de acordo com a região do país e com o médico cirurgião. Contudo, ela pode ser realizada de forma gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), para o paciente não tem condição financeira de custear a cirurgia.

cirurgia de estrabismo resultado
A cirurgia de estrabismo possui pouquíssimos riscos e quase 90% de chance de ter resultados positivos

É importante que sempre seja pesquisado o profissional com antecedência, verificando suas qualificações.

A correção realizada pelo procedimento cirúrgico de estrabismo pode ter o propósito estético, porém ela pode ser de grande importância para a saúde dos olhos.

Em casos extremos o Estrabismo pode resultar em cegueira.

Gostou deste artigo sobre cirurgia de estrabismo? Então deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!


About Portal Universo da Saúde

Universo da Saúde - Um portal com conteúdos de qualidade sobre saúde, doença, causas, tratamentos, remédios caseiros e cuidados. Aproveite nossos conteúdos gratuitos e tome cuidado com a sua saúde.

Check Also

cirurgia plástica

Cirurgia plástica – Veja as cirurgias mais realizadas atualmente

Muitas são as pessoas que querem fazer algum tipo de cirurgia plástica em alguma parte …