Home / Cirurgias / Cirurgia de fimose: Como funciona, dói, quanto custa, recuperação

Cirurgia de fimose: Como funciona, dói, quanto custa, recuperação

Quando o pênis encontra-se com excesso de pele que acaba atrapalhando a higiene intima e também o desempenho sexual é necessário fazer a cirurgia de fimose. Ela deve ser realizada após outros tratamentos terem sido utilizados e não ter surtido efeito.

Uma das formas de tratamento existente é usar pomadas para que a pele descole. Existem casos de pacientes que o problema foi solucionado apenas com esse tratamento e, por esse motivo, não foi preciso fazer a cirurgia de fimose.

Esse procedimento cirúrgico é seguro e bem simples, pode ser feito nos meninos que tenham entre 7 e 10 anos e até nos adolescentes. Mesmo sendo simples e segura, sua recuperação é um tanto dolorosa.

A cirurgia de fimose também é conhecida por postectomia ou circuncisão. Quando ela é feita em adultos, o urologista é que a realiza. Nos casos que o paciente é uma criança, o pediatra é que faz essa cirurgia.

Procedimento: como funciona a cirurgia de fimose

cirurgia de fimose procedimento
Procedimento da cirurgia de fimose

A cirurgia de fimose é recomendada quando a glande do pênis não é exposta completamente. Ou seja, há uma aderência na pele que não permite a sua completa exposição. Ao fazer o procedimento cirúrgico, o paciente consegue expor mais facilmente sua glande. Para que isso seja possível, o paciente toma anestesia geral, para que não veja nem sinta nada durante o procedimento.

Nesse período, o médico irá remover o prepúcio e dará alguns pontos na região para que sua recuperação ocorra mais rapidamente e que sejam evitadas infecções futuras.

Com esse procedimento tão simples, diversos benefícios podem ser observados, como maior facilidade para realizar a higiene intima, retira completamente a secreção acumulada entre a glande e a pele, diminui as chances de ocorrer infecção na região, reduz os riscos de infecção urinaria e até de DSTs. Entretanto, o uso de camisinha sempre é necessário nas relações sexuais.

Adulto

O adulto que possui fimose não consegue retrair o prepúcio. Por causa disso, a cabeça peniana não é exposta completamente, o que pode causar incomodo durante a relação sexual e até dor. É indicada a cirurgia de fimose quando outros sintomas também são sentidos, como ereções dolorosas, dificuldade para urinar ou apresenta um fluxo baixo na micção e tem sangramento frequentemente.

Também pode se formar um tipo de balão bem na ponta do pênis quando vai urinar. Isso ocorre porque o prepúcio se dilata por causa da urina. Esses sintomas indicam que é preciso fazer esse procedimento cirúrgico, mas se ocorrer parafimose, trata-se de uma urgência médica e a cirurgia deve ser realizada.

A cirurgia é simples e a anestesia aplicada é local com duração média de 60 minutos. Primeiramente, é demarcado o excesso de pele que está recobrindo a cabeça peniana. Isso é fundamental para que a cirurgia seja um sucesso, pois se for removida pele em excesso, a estética peniana pode ser prejudicada.

Após ter sido realizada a excisão cutânea, as suturas são realizadas utilizando fios absorvíveis que em 30 dias caem de forma natural. Por fim, é realizado um curativo local. No dia seguinte a operação, o paciente já pode retornar as suas atividades profissionais se elas não envolverem atividade física intensa. Após os 30 dias do procedimento é que pode fazer relação sexual.

Infantil

Somente o pediatra pode fazer uma avaliação na criança e dizer se ela precisa ou não fazer uma cirurgia de fimose. Se o problema for detectado, ele a encaminha a um urologista para que avalie se a cirurgia é ou não conveniente, já que ela pode ser feita entre os 3 e 7 anos.

A última opção para a solução desse problema é a cirurgia. Antes o médico pode prescrever uma pomada que irá ajudar o prepúcio a se separar. Entretanto, quando isso não resolve e a criança passa a apresentar risco de parafimose ou dificuldade na micção é feita a indicação dessa cirurgia.

Muitas mães se alarmam com a possibilidade do seu filho ter de se operar, mas esta é uma cirurgia muito tranquila. O urologista realiza a circuncisão e sequer é preciso ficar internado no hospital. Na maioria das vezes, a anestesia é local e somente são necessários alguns minutos para que o procedimento chegue ao fim.

Você também pode gostar destes assuntos:

Cirurgia de fimose dói?

Uma dúvida constante que os pacientes adultos e mães de crianças que passarão por esse procedimento possuem é se a cirurgia de fimose provoca alguma dor. Ela não dói. Apenas o que se sente é um incômodo nos dias posteriores ao procedimento, principalmente na hora que vai ao banheiro fazer xixi.

Preço cirurgia de fimose: Quanto custa?

A média do processo da cirurgia de fimose é de R$ 750. Entretanto, é possível fazer esse procedimento gratuitamente utilizando o Sistema de Saúde Único – SUS.

Pós-operatório cirurgia de fimose: recuperação

A recuperação da cirurgia de fimose é considerada rápida, já que em mais ou menos 10 dias não há mais sangramento ou dor. Entretanto, até o 8º dia pode acontecer de o paciente apresentar um pequeno sangramento e um pouco de desconforto. Isso pode surgir como resultado das ereções que comumente ocorrem enquanto o mesmo está dormindo.

É por esse motivo que o recomendado é que essa cirurgia seja feita ainda na infância, pois é mais fácil de obter controle sobre essa situação. Com o término da cirurgia, a recomendação médica geralmente é que o curativo seja trocado apenas na manhã seguinte. É fundamental ter todo cuidado para que não haja sangramento.

Para finalizar o curativo, deve-se passar a pomada anestésica que foi prescrita pelo médico e utilizar uma gaze esterilizada para cobrir o local. A retirada dos pontos geralmente acontece no 8º dia.

cirurgia de fimose analgésicos
Analgésicos são obrigatórios para a recuperação da cirurgia de fimose

Para que a recuperação da cirurgia de fimose seja mais rápida, recomenda-se o seguinte:

  • Não se esforçar pelos próximos 3 dias após a cirurgia de fimose;
  • Colocar saco de gelo no local para que o inchaço diminui ou quando estiver doendo;
  • Tomar os analgésicos que o médico prescreveu nos horários certos;
  • Não manter relações sexuais no primeiro mês após a cirurgia.

Caso este artigo sobre cirurgia de fimose tenha lhe ajudado, deixe um comentário e curta O universo da saúde no facebook!


About Portal Universo da Saúde

Universo da Saúde - Um portal com conteúdos de qualidade sobre saúde, doença, causas, tratamentos, remédios caseiros e cuidados. Aproveite nossos conteúdos gratuitos e tome cuidado com a sua saúde.

Check Also

cirurgia plástica

Cirurgia plástica – Veja as cirurgias mais realizadas atualmente

Muitas são as pessoas que querem fazer algum tipo de cirurgia plástica em alguma parte …