Home / Doenças / Doenças Causadas por Fungos

Doenças Causadas por Fungos

As doenças causadas por fungos as vezes podem ser confundidas com doenças virais ou bacterianas, o que pode acabar atrapalhando o tratamento.

A doença causada por fungo geralmente possui características especificas, o que deve ser visto com atenção para que haja o tratamento mais adequado e especifico possível. Por isso é importante conhecer os sintomas e as causas.

Pensando no assunto, listamos as 10 doenças que tem como a sua causa os fungos.

  1. Candidíase

A candidíase é uma doença causada pelo crescimento do fungo Candida em excesso. A candidíase pode se desenvolver em diversos locais do corpo como pele, garganta, unha, órgãos sexuais e até mesmo a corrente sanguínea.

A doença afeta mais mulheres no órgão genital, pois elas já têm esse fungo na sua flora vaginal, mas é em pequena quantidade e de forma controlada. Porém, homens também podem ser afetados com a doença.

Geralmente, a candidíase é provocada pelo fungo Candida albicans. Quando há um desequilíbrio no organismo, ocorre uma grande probabilidade de sua reprodução exagerada.

Isso acontece quando o sistema imunológico está baixo ou quando se está realizando tratamentos com antibióticos. Outras causas para o desenvolvimento descontrolado do fungo é o sexo sem a devida proteção, utilização de roupas íntimas molhadas e aumento de estrogênio.

Os sintomas da doença envolvem coceira, dor e vermelhidão, corrimento vaginal ou no pênis de cor branca, além de dor nas relações sexuais.

Para o tratamento da candidíase é utilizada pomadas locais antifúngicas ou antimicóticos tópicos. Também podem ser receitados medicamentos orais para impedir novamente a reprodução do fungo cândida.

  1. Histoplasmose

A histoplasmose é uma doença infecciosa causada pela inspiração de esporos de um fungo chamado Histoplasma capsulatum, muito comuns em fezes de aves e morcegos.

A causa para a infecção é a inalação do fungo, ele pode se espalhar pelo ar e viajar centenas de metros. Os sintomas da histoplasmose são parecidos com o da pneumonia, tais como a febre, tosse seca, dor no peito e articulações, suor excessivo, falta de ar, tosse com sangue e inchaço com vermelhidões nas pernas.

O tratamento depende da gravidade da infecção. Uma infecção leve é tratada com repouso e medicamento para amenizar os sintomas, já uma infecção mais grave é tratada com um medicamento antifúngico oral e, se necessário, uma terapia intravenosa com cetoconazol, anfotericina B ou itraconazol.

  1. Meningite fúngica

A meningite fúngica é uma doença rara, resultado da propagação do fungo Cryptococcus e Coccidioides, que se espalha pelo sangue e atinge as membranas que revestem e protegem o sistema nervoso central.

A causa para essa doença pode ser o contato com o fungo através de fezes de pássaros contaminados, solo com a presença do fungo, sistema imunológico baixo ou abalado pelo uso de alguns medicamentos.

Na meningite fúngica os sintomas são febre alta, fortes dores na cabeça e vômitos. Esses sintomas são comuns em todas as meningites, mas o problema é que, além de poder ser confundida com a viral ou bacteriana, a meningite fúngica pode aparecer de forma não gradativa.

O tratamento dessa doença é feito através da administração de elevadas doses de medicamentos antifúngicos. No caso de pessoas com sistemas imunológicos ineficientes esse tratamento é mais longo.

  1. Peniciliose

A peniciliose é uma infecção causada pelo fungo Penicillium marneffei. Assim como a histoplasmose, a peniciliose é uma doença adquirida por inalação.

As causas comuns da peniciliose são através da inalação de ares contaminados, ou por contato com locais infectados por fezes e urinas de roedores.

Os sintomas dessa infecção fúngica são lesões na pele sem causa aparente, febre e perda de peso sem esforço. Ainda, pode se espalhar por outros órgãos e, com isso, gerar outros sintomas.

O tratamento da peniciliose é realizado com medicamentos antifúngicos como o cetoconazol ou itraconazol.

  1. Onicomicose

A onicomicose é causada pelo fungo levedura, que atinge as unhas e altera a sua forma/aparência. Normalmente, o efeito é tão somente estético, mas também existe a possibilidade de o paciente sentir dor e desconforto local.

Dentre as possíveis causas da micose de unha estão a contaminação através de uma ferida no local e estar em um ambiente com o fungo. Este tipo de fungo costuma ser encontrado em ambientes quentes e úmidos como no banheiro, por exemplo. Com a ferida no local, o fungo se aloja na unha e passa a se reproduzir.

Os sintomas da onicomicose envolvem escurecimento, fragilidade, espessamento, deformações e outras alterações aparentes na unha.

O tratamento da doença é realizado com remédios orais ou tópicos com ação antifúngica. Para disfarçar e até mesmo auxiliar no tratamento, é possível utilizar alguns esmaltes específicos e até mesmo remover da unha.

  1. Frieiras

As frieiras são feridas que aparecem entre ou atrás dos dedos dos pés. Ela possui aparência de rachadura e é dolorosa, mas a sua cicatrização é rápida.

A frieira pode ser adquirida ao andar descalço em ambientes úmidos e contaminados, passar muito tempo com sapatos fechados ou molhados também corroboram. Seus sintomas envolvem dor, coceira, vermelhidão e feridas no local.

O tratamento para a doença inclui pomadas, as quais não exigem prescrição médica. As pomadas antifúngicas são ideais para o tratamento, caso a frieira permaneça, o tratamento deve ser feito com antifúngicos orais.

  1. Coccidioidomicose

Também conhecida como febre do vale, a coccidioidomicose é uma infecção pulmonar causada pelo fungo Coccidioides immitis. Este fungo é encontrado em solos contaminados e é transmitido através da inalação.

Pessoas que trabalham ou manipulam solo contaminado correm o risco de contrair a doença, principalmente se o sistema imunológico estiver baixo.

O principal sintoma da febre do vale é a pneumonia acompanhada de febre, suor intenso, tosse com catarro e falta de ar. O tratamento é realizado com o antifúngico anfotericina B, sendo possível a utilização de medicamentos derivados do azol.

  1. Pneumocistose

A pneumocistose é causada pelo fungo Pneumocystis jirovecii. É uma doença com sintomas agressivos, ataca o pulmão e é transmissível. O pneumocisto é um fungo alojado no pulmão. A principal causa da doença é o contato com a saliva do doente.

Os sintomas comuns da pneumocistose é cansaço excessivo, suor noturno, perda de peso, dores na região interna do tórax, falta de ar, febre alta e tosse seca.

No tratamento da pneumocistose são utilizados medicamentos como o Sulfametoxazol-Trimetroprim atrelado a corticoide para aliviara a inflamação.

  1. Mucormicose

A mucormicose é causada pelos fungos da ordem mucorales e pode afetar diversos órgãos do corpo, até mesmo o organismo todo. Propaga-se pelo local afetado de forma muito rápida e tem alta taxa de mortalidade. Por isso, cuidado!

Este fungo tende a atacar de forma danosa as pessoas com baixa imunidade (muito baixa mesmo).

A causa da doença é o contato com olhos ou ferimentos de um infectado, e até mesmo pela inalação do fungo.

Seus sintomas são febre, fortes dores, infecções da cavidade ocular e, em alguns casos, pode provocar a destruição do tecido ou órgão ao qual está infectado.

O tratamento é realizado através da aplicação intravenosa de anfotericina B lipídica por até 6 semanas e uma cirurgia para retirada do local afetado, pois a doença progride e deforma o que está ao seu redor facilmente.

  1. Sinusite fúngica

A sinusite fúngica é uma doença comum em que os fungos ficam alojados nas cavidades nasais e causam muita dor e desconforto ao paciente. Os fungos, ao se alojarem na cavidade nasal, por ser um ambiente propício ao seu desenvolvimento, reproduzem-se rapidamente, formando uma espécie de massa. A sinusite fúngica é uma inflamação das mucosas nasais e pode gerar graves lesões.

A maior causa para o aparecimento da sinusite fúngica é a mudança de clima repentina, isso ocorre muito em locais quente e úmidos. Além disso, pessoas com um sistema imunológico fraco podem apresentar a doença com mais facilidade.

Os principais sintomasa da sinusite fúngica são a calcificação dos seios presentes na face, dor de cabeça e no rosto, nariz entupido, falta de ar, falta de sensibilidade para sentir cheiros, queimação na garganta, nariz escorrendo, mal hálito, cansaço em excesso, falta de apetite e perda de peso sem causa aparente.

O tratamento da sinusite fúngica envolve um procedimento cirúrgico para que haja a correção de todas as possíveis alterações feitas pelo fungo nas cavidades nasais, bem como, a retirada da massa de fungos alojada dentro das paredes nasais.

Problemas com doenças causadas por fungos? Nesta categoria você encontra todas as informações necessárias através dos conteúdos, aproveite!

Incontinência urinária – Tipos, causas e sintomas.

incontinencia urinaria

Ainda depois de tanto tempo a incontinência urinária é mal interpretada e em alguns casos até malvista como algo que a pessoa poderia ter controlado, no entanto esse problema funciona de forma muito diferente e as vezes inconsciente. A incontinência urinária tem muitos mitos e coisas que se imagina, como …

Leia mais

Micose de unha: o que é, quais os tipos de infecção e tratamentos

micose de unha

Quem tem micose de unha, sabe o quanto é difícil deixar as unhas bonitas e mantê-las esmaltadas, visto os sintomas causados pela infecção, como deformidade, tom amarelado e aspecto grosso. A micose de unha pode ser facilmente tratada com remédios antifúngicos ou com tratamentos caseiros, mas o importante é evitar …

Leia mais