Home / Doenças / Doenças Mentais

Doenças Mentais

Doenças mentais (também chamadas de transtornos mentais) são anormalidades que comprometem as funções da mente, levando o paciente a ter dificuldades em sua vida geral.

Alterações de humor, depressão, medo irracional e confusão são algumas das consequências de uma doença da mente, que pode ser leve, moderada e grave, com quadro de surto, dependendo de qual transtorno afeta o paciente.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), os transtornos mentais representam 13% de todas as doenças que atingem a população mundial, o que significa 700 milhões de pessoas. As causas mais comuns da doença mental estão relacionadas a soma de estresse, perdas e frustrações, fatores genéticos e agressões físicas ou psicológicas.

No conteúdo abaixo você confere as 8 doenças mentais mais recorrentes.

1. Depressão

A depressão é o distúrbio afetivo que está no topo da lista das doenças mentais mais comuns. A pessoa depressiva sofre com alterações de humor, pessimismo, baixa autoestima, desânimo, medo, insônia, dentre outros sintomas.

Apesar do estresse, traumas de infância, a não aceitação de situações difíceis serem apontados como causas da depressão, esses são apenas fatores de risco. As causas do transtorno mental chamado depressão estão ligadas a alterações nos neurotransmissores, substâncias que transmitem impulsos nervosos (serotonina, dopamina e noradrenalina).

Depressão doenças mentais
Depressão: A doença mental mais comum entre os brasileiros.

O tratamento para a depressão inclui medicamentos, como antidepressivos, psicoterapia e terapias alternativas (erva de São João, massagem terapêutica, ômega 3, etc).

2. Síndrome do pânico

Síndrome do pânico é outra doença mental que afeta a vida de muitas pessoas, caracterizando-se pelo medo repentino, sensação de ataque iminente e ansiedade extrema.

Os sintomas mais comuns do transtorno mental são tremores, palpitações, sentimentos de bloqueio, medo da morte, dor no peito, parestesia, falta de ar e tontura. A Ciência não tem uma causa exata, mas acredita-se que uma série de fatores, como a genética, forte estresse e mudanças no cérebro que reagem de forma diferente a determinadas situações, podem desencadear o pânico.

A primeira forma de tratamento é a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC), que tem surtido efeitos benéficos, pois ajuda o paciente a entender e a lidar com os seus ataques. Antidepressivos e benzodiazepinas podem ser prescritos também.

3. Distúrbio de Ansiedade generalizado (TAG)

Uma das doenças mentais que têm ganhado destaque é o Transtorno de Ansiedade Generalizado, identificado como preocupação extrema, expectativa apreensiva, dúvida ou medo que beiram o excesso, levando a fadiga, falta de concentração e irritabilidade.

Todo mundo pode sofrer com a ansiedade, mas quando afeta o desempenho e as atividades comuns, é porque trata-se de uma doença da mente e é motivo para procurar ajuda médica.

As causas do distúrbio de ansiedade têm relação com os neurotransmissores (assim como ocorre com a depressão) e fatores genéticos, externos e físicos, como doenças cardíacas, disfunção da tireoide, menopausa e doença do refluxo gastroesofágico.

O tratamento da Ansiedade é basicamente o mesmo que a depressão e a síndrome do pânico: terapia cognitivo-comportamental e medicamentos. Quando combinado, as duas formas de tratamento ajudam a reduzir os sintomas de forma significante.

Você também pode gostar destes conteúdos:

4. Transtorno bipolar

Transtorno bipolar, também chamado de Transtorno Afetivo Bipolar, é caracterizado por oscilações de humor, algumas vezes súbita, que vão desde a depressão a euforia. O paciente sofre com tristeza profunda ou autoestima elevada, aumento de energia ou pensamento suicida, gastos excessivos ou perda de interesse.

A causa mais frequente do transtorno bipolar está ligada ao fator genético, mas pessoas predispostas geneticamente e que sofrerem traumas psicológicos, forte estresse, ou apresentam disfunções da tireoide (hipotireoidismo e hipertireoidismo) têm maiores chances de serem acometidas por essa doença mental.

O transtorno bipolar é uma doença mental que não tem cura, mas existem tratamentos capazes de amenizar os efeitos nocivos da doença e reduzir a frequência dos episódios. O uso combinado de medicamentos antipsicóticos e da psicoterapia podem surtir bons efeitos.

5. Transtorno de Personalidade Antissocial (TPA)

Também chamado de sociopatia, o Transtorno de Personalidade Antissocial é mais uma dentre outras doenças mentais preocupantes, na qual a pessoa não sabe discernir entre o que é certo ou errado, não tem empatia, costuma mentir, infringir regras e usar o charme para manipular sem o menor problema.

Confundida com psicopatia devido a várias características semelhantes, a diferença mais crucial da sociopatia é o modo de agir contra suas vítimas. Enquanto o psicopata planeja minimamente seus passos, o antissocial é impulsivo, capaz de pôr a própria segurança em risco.

A causa mais defendida do transtorno de personalidade antissocial seria uma infância traumática, com abusos, ambiente familiar caótico, mas o fator genético também pode colaborar para essa condição.

A TPA não tem cura, e mesmo com a terapia cognitivo-comportamental, o indivíduo sociopata pode usar o tratamento para não ser responsabilizado por seus atos. Não existe medicamento exato para a doença mental sociopatia.

6. Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC)

Um outro tipo de transtorno de ansiedade é o TOC, uma doença mental em que o paciente sofre com ideias obsessivas que o obrigam a realizar atos repetitivos e compulsivos descontroladamente.

Pensamentos negativos, obsessão por limpeza, verificar se trancou a porta, realizar um ritual diariamente achando que, assim, sua vida ou a de alguém estará a salvo, são sintomas comuns do Transtorno Obsessivo-Compulsivo.

Apesar da relação entre a serotonina no cérebro e os sintomas de TOC, a doença mental pode ser hereditária e estar relacionada com outras doenças mentais como síndrome do pânico, síndrome de tourette, depressão e fobia social.

TOC não tem cura, mas antidepressivos e a psicoterapia são alternativas para minimizar os sintomas e, assim, fazer o paciente ter mais qualidade de vida.

7. Esquizofrenia

Também considerada uma doença cerebral, a esquizofrenia sempre foi a mais lembrada quando o assunto é transtorno mental.

Esquizofrenia doenças mentais
Esquizofrenia: saiba mais sobre a doença mental e seus tratamentos

A esquizofrenia é um transtorno que faz o portador ter alucinações, comportamento estranho, dissociação da realidade e pensamentos confusos. Causada por alterações nos neurotransmissores, a doença mental esquizofrenia também tem como causa o estresse e as substâncias químicas dopamina e glutamato.

Para tratar a esquizofrenia, os médicos recomendam terapia comportamental e psicossocial aliados a antipsicóticos.

8. Hipocondria

Hipocondria é a condição que faz o portador acreditar que está doente, mesmo sem evidência médica, acreditando que será afligido por alguma doença a qualquer momento, ainda que não tenha sido diagnosticado.

Os sintomas da hipocondria incluem medo de ficar doente, procurar diversos médicos até que um ateste a doença grave, falar dos sintomas o tempo todo e checar a pressão arterial, dentre outros.

Hereditariedade, experiência de vida e personalidade podem explicar esse excesso de preocupação com a saúde, mas não são causas concretas.

Médicos recomendam psicoterapia e Terapia Cognitivo-Comportamental, para que o paciente aprenda a reconhecer o problema e parar com ele. Alguns medicamentos podem ser úteis, como aqueles para tratar depressão e ansiedade.

Caso este artigo sobre doenças mentais tenha lhe ajudado, deixe um comentário e curta O universo da saúde no facebook!

Dependência química – Diagnóstico e Tratamento.

dependencia quimica

A dependência química é uma condição que afeta muitas vidas, não apenas das pessoas que sofrem desse mal, mas também dos familiares e pessoas mais próximas. O dependente químico pode ter diversos prejuízos no trabalho, nas relações familiares e na estrutura emocional. Considerada um problema de saúde pública, a dependência …

Read More »

Transtorno Bipolar Tipo 1, tipo 2 e leve: Causas, sintomas e tratamento

Transtorno bipolar

O transtorno bipolar de humor (TBH), também é chamado de distúrbio bipolar e transtorno afetivo de bipolaridade (TAB). Trata-se de uma patologia psicológica em que o paciente tem grandes variações de humor, podendo ser períodos de elevado sentimento de alegria e outros de raiva ou depressão, todos estes aparecem de …

Read More »

Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC): causas, sintomas e tratamentos

transtorno obsessivo compulsivo TOC

Você já deve ter ouvido falar muito sobre TOC, sigla para Transtorno Obsessivo-Compulsivo. O distúrbio de ansiedade é muito comum a partir do final da adolescência afetando 2 a cada 100 pessoas no país. Ideias obsessivas, compulsão por manter tudo organizado por tamanho e cores, pensamentos repetitivos, executar uma série …

Read More »

Transtorno de ansiedade – Causas, sintomas e tratamentos

transtorno de ansiedade generalizada tag

A ansiedade nada mais é que um mecanismo que nosso organismo toma como defesa, nos preparando para uma certa situação. O estado de ansiedade é comum em todo ser humano. Ficar alerta com uma situação preocupante, tal como uma avaliação na escola, uma reunião importante no trabalho, passar por uma …

Read More »