Home / Beleza / O que é a Drenagem linfática e Quais os Benefícios.

O que é a Drenagem linfática e Quais os Benefícios.

É cada vez maior a quantidade de pessoas que estão buscando pela drenagem linfática. Através dessa técnica de massagem, diversos benefícios podem ser obtidos, como a ativação da circulação sanguínea, relaxamento corporal e a redução na quantidade de líquido que o corpo retém.

Estar bem com sua estética é um objetivo de muitas pessoas. Mas para que isso aconteça, é preciso cuidar não apenas da parte exterior, mas também do interior. A drenagem linfática é um tratamento muito eficaz que ajuda a eliminar a retenção de líquidos e com isso a pele fica com uma aparência melhor, além do organismo melhorar seu funcionamento.

Entretanto, para que os resultados obtidos sejam realmente os desejados, é preciso fazer sessões da drenagem linfática com certa frequência e ter cuidado com a alimentação.

O que é a drenagem linfática?

A drenagem linfática trata-se de uma técnica que tem a capacidade de auxiliar, otimizar e facilitar a circulação da linfa. Ela é uma grande aliada para expulsar as substâncias e micro organismos que não são necessários ao organismo e que apenas servem para atrapalhar o funcionamento do organismo.

o que é drenagem linfática
Conheça o procedimento de drenagem linfática e suas recomendações

Objetivos da drenagem linfática

A drenagem linfática tem como objetivo retirar a linfa que se acumula entre as células. Esse acúmulo pode ser causado pela pessoa não conseguir produzir sua própria linfa ou por suas células terem dificuldade de absorver. Quando é feita essa estimulação, o que ocorre é uma diminuição do inchaço e consequentemente uma melhora da celulite.

Além disso, a circulação melhora, o corpo fica mais relaxado e acaba atuando no combate a gordura localizada de forma mais discreta. Afinal, essa massagem faz com que o metabolismo do local aumente.

A linfa do intestino tem por responsabilidade realizar o transporte da gordura em forma de triglicerídeos e das vitaminas. Isso vai para o fígado para que esse órgão possa metaboliza-los. Em seguida tanto os nutrientes quanto o volume sanguíneo é enviado ao sistema circulatório, mas de forma balanceada. É por essa razão que quando a circulação da linfa melhora os tecidos corporais passam a ser mais bem oxigenados e assim o aspecto tanto da celulite quanto da gordura localizada melhoram.

Como é feita a drenagem linfática

A drenagem linfática somente pode ser eficiente se for feita no trajeto dos vasos linfáticos seguindo para o gânglio linfático. Se for feita manualmente os movimentos precisam ser leves fazendo pressão com bracelete. Para cada região do corpo é preciso fazer movimentos diferentes que sempre devem terminar num gânglio linfático.

Os movimentos realizados nas pernas vão até a parte posterior do joelho e segue da coxa para a virilha. Já na barriga o movimento desce até a virilha. Quanto aos braços e tórax os movimentos descem para as axilas. No rosto também é possível fazer esse procedimento. Nesse caso, os movimentos sempre devem ir na direção do pescoço que é onde estão os gânglios linfáticos.

No couro cabeludo essa massagem também pode ser feita principalmente em dois lugares: atrás do crânio e um pouco abaixo dele na direção das têmporas.

Entretanto, a drenagem linfática também pode ser feita com aparelhos desde que possuam os mecanismos de rolamento e vácuo. O problema é que sua eficiência não é tão boa quanto a manual. Afinal, nesta última o profissional ainda tem como fazer uma inspeção na área que está sendo massageada e assim trabalha mais nas áreas que necessitam.

Para que esse procedimento seja realmente eficiente é preciso que o profissional esvazie os gânglios linfáticos através da realização de movimentos circulares feitos no sentido horário antes que a linfa seja drenada na sua direção.

Número de sessões necessárias de drenagem linfática

Para que os resultados sejam obtidos através da drenagem linfática é preciso que sejam realizadas sessões com certa frequência. Os movimentos podem ser aprendidos para serem feitos em casa diariamente. Mas quem preferir pode ir a um profissional para que esse tratamento seja realizado de uma até três vezes na semana.

É de suma importância que as sessões sejam realizadas com frequência, pois quando isso não ocorre a retenção de líquido volta a acontecer. Em apenas uma semana os edemas já podem ser sentidos novamente. Entretanto, isso vai depender do peso, altura e até mesmo se a pessoa consome sódio e não ingere as fibras de forma adequada.

Contraindicações da drenagem linfática

Pessoas que tenham infecção não devem fazer a drenagem linfática, pois correm o risco das células infecciosas caírem no sistema linfático e se espalharem com mais facilidade pelo organismo. Pacientes que apresentam algum risco vascular como é o caso da insuficiência cardíaca, hipertensão descompensada e trombose, por exemplo, também precisam evitar esse tratamento.

Além desses casos essa drenagem não é indicada para os pacientes que utilizem algum remédio específico para o tratamento com quimioterapia. Essa recomendação é feita, pois pode ser que exista algum resto de célula cancerígena que os linfonodos podem capitar e até metastizar em outros órgãos.

Apesar dessas contraindicações quem quiser fazer a drenagem linfática não precisa de prescrição médica para faze-la. Entretanto, uma consulta junto ao dermatologista é muito recomendada para que ele verifique se esta técnica pode ser adotada para aquele caso e se irá funcionar.

Grávida pode fazer?

Essa massagem é altamente recomendada para as grávidas, pois ajuda a evitar a retenção de líquidos que é um problema que ocorre com muita frequência na gravidez. Ao fazer a drenagem os incômodos são reduzidos trazendo mais comodidade a gestante. Mas além disso este é um dos tratamentos que consegue ajudar na prevenção da celulite e estrias e ainda diminui o inchaço corporal.

Entretanto, para que a grávida faça essa drenagem é preciso que o médico autorize. Ela pode ser iniciada já no terceiro mês da gestação e de forma diferenciada. Afinal, tanto as mamas quanto a região abdominal não devem ser drenados, mas os movimentos de deslizamento de forma suave estão liberados. A gestante também não pode se deitar de bruços e por essa razão é preciso que a paciente fique deitada de lado para que a drenagem seja feita na parte posterior.

Você também pode gostar destes artigos:

Quando a drenagem linfática sai errado

Se ficar algum hematoma no corpo após o paciente fazer essa drenagem é sinal que algum vaso sanguíneo se rompeu. Isso acontece nas situações que o profissional aplica essa técnica junto a massagem modeladora ou algum outro tipo de tratamento. Mas mesmo que haja a junção desses tratamentos não é para o paciente ficar com hematoma ou outro tipo de marca no corpo.

Resultados da drenagem linfática

Diversos benefícios podem ser obtidos com a drenagem linfática sendo que o que pode ser sentido logo após a massagem é uma melhora do inchaço. Quanto a celulite é preciso que uma série de fatores sejam levados em consideração para que os resultados apareçam. Os principais são os cuidados com a alimentação, estresse, tabagismo e principalmente o grau da celulite.

Drenagem linfática resultados
Veja quais são os resultados que pode esperar após uma drenagem linfática

Ou seja, os hábitos que acabam colaborado para que haja a retenção de líquidos precisam ser modificados para que os resultados realmente surjam. Nos quadros que estão mais avançados é preciso realizar uma quantidade maior de sessões para que os resultados possam ser vistos.

Alie a drenagem linfática com…

Para ter bons resultados com a drenagem linfática é preciso aliar esse tratamento a uma alimentação balanceada com a ingestão de frutas, verduras e legumes ao invés de massas, doces e sal. Também é preciso ingerir líquidos como sucos naturais, água entre outros para que as toxinas sejam eliminadas pela urina. Por fim, exercícios físicos devem ser realizados com frequência para que o corpo seja oxigenado.

Caso este artigo sobre drenagem linfática tenha lhe ajudado, deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!


Veja!

dermacosmeticos

Dermocosméticos

Os dermocosméticos já são conhecidos das mulheres, principalmente as que estão acima dos 30 anos …