Home / Tratamentos e Remédios Naturais / Farinha de arroz – Conheça os 7 principais benefícios

Farinha de arroz – Conheça os 7 principais benefícios

A farinha de arroz nada mais é do que o arroz moído, sendo que ele pode ser branco ou integral, e um ótima alternativa para substituir a farinha de trigo, já que não contém glúten.

Rica em fibras e carboidratos, a farinha de arroz pode ser usada na preparação de vários pratos que costumam levar a farinha de trigo, como pães e tortas, além de ser uma boa opção para quem quer perder peso.

Os benefícios da farinha de arroz são muitos, desde melhorar o trânsito gastrointestinal até reduzir o colesterol ruim, prevenindo até mesmo a diabetes tipo 2. Saiba como aproveitar a farinha de arroz no seu dia a dia!

1. Evita a prisão de ventre

A farinha de arroz é uma ótima fonte de fibras, principalmente se for do tipo integral, já que as fibras são responsáveis por reter água e ajudar a eliminar as toxinas.

Todo esse processo evita inchaços e melhora o fluxo gastrointestinal, o que significa menos intestino preso e menos desconforto.

Você também pode gostar destes conteúdos:

2. Ajuda a emagrecer

Quando nos alimentamos bem, com boas fontes de vitaminas e nutrientes, mais toxinas são eliminadas, a saciedade aumenta e a necessidade de comer mais diminui. É isso que a farinha de arroz faz em nosso organismo.

farinha de arroz emagrecer
A farinha de arroz pode ajudar a emagrecer sem trazer risco algum para a sua saúde e ainda ajuda a melhorar a sua disposição

Esse tipo de farinha aumenta o bolo alimentar e evita que a insulina, responsável pelo ganho de peso, seja utilizada muitas vezes quando a glicose é liberada na corrente sanguínea de forma rápida.

As fibras têm o papel de tornar a liberação de glicose mais lenta para que a insulina seja menos utilizada. As proteínas encontradas na farinha de arroz também favorecem a perda de peso, pois são digeridas mais lentamente, colaborando para o aumento da saciedade.

3. Contribui para a saúde dos ossos

A farinha de arroz também ajuda na boa saúde óssea e das cartilagens, graças ao manganês presente em sua composição.

Esse mineral, encontrado em maior quantidade na farinha de arroz integral, ajuda a absorver o cálcio, um nutriente importante na manutenção dos ossos, e a proteger contra a ação dos radicais livres.

Tal proteção é devido ao manganês compor uma enzima chamada superóxido dismutase, capaz de auxiliar contra os radicais livres formados pela produção de energia.

4. É boa para quem é celíaco

Por não conter glúten, a farinha de arroz torna-se um forte aliado para quem sofre de intolerância a essa substância, ou seja, tem a doença celíaca.

▷ Conheça as 8 doenças degenerativas mais comuns no Brasil.

Além de causar sérios problemas intestinais a esse grupo de pessoas, o glúten deixa as receitas mais pesadas. Por isso, trocar a farinha de trigo tradicional pela farinha de arroz é uma opção bem mais saudável.

5. Reduz os níveis de colesterol ruim

Farinha de arroz faz bem ao coração. Isso porque as fibras e alguns outros nutrientes aumentam as taxas de colesterol bom (HDL) e reduzem as do colesterol ruim (LDL).

Ao controlar os níveis de colesterol em nosso organismo, as inflamações causadas por um colesterol ruim são reduzidas e as chances de doenças cardíacas também.

6. Previne doenças do intestino

Ao consumir a farinha de arroz, o nosso corpo receberá muito mais proteínas do que aquelas encontradas em outros tipos de farinhas, como a de trigo.

Além de fazer bem ao coração pela baixa quantidade de gorduras e ainda aumentar os músculos pela absorção mais lenta da digestão, as proteínas da farinha de arroz são excelentes para prevenir a diverticulite, doenças do cólon, além da prisão de ventre, como já mencionado.

7. Previne a diabetes

Além de evitar o ganho de peso, a farinha de arroz impede a rápida metabolização dos carboidratos presentes em sua composição e, assim, evitam a utilização da insulina.

farinha de arroz diabetes
A farinha de arroz combate a diabetes, fazendo com que não seja necessário utilizar medicamentos que acabam degradando a sua saúde ainda mais

A insulina, como já sabemos, aumenta toda vez que a glicose é liberada na corrente sanguínea mais vezes a fim de suprir a fontes de energia que o corpo necessita. Isso acontece devido a falta de outras fontes de energia, como os carboidratos e proteínas.

Portanto, consumir farinha de arroz também previne a diabetes.

Como fazer a farinha de arroz?

É difícil alguém não ter arroz em casa, por isso, nada mais econômico que aproveitar o produto para preparar sua própria farinha de arroz, já que o preço de apenas 1 kg custa a partir de R$ 5.

Só é necessário bater 2 kg de arroz (branco ou integral) no liquidificador, passar o produto na peneira e colocar os grãos não moídos ou não peneirados de volta ao liquidificador. Depois, refaça todo o processo, incluindo o arroz já peneirado para ser bem triturado de novo.

Onde usar?

A farinha de arroz é versátil, sendo possível aproveitá-la para substituir a farinha de rosca, engrossar caldo e mingau, fazer pães, bolos, biscoitos, panquecas e qualquer massa que levaria farinha de trigo, inclusive massas de macarrão.



É uma ótima maneira de cuidar da saúde sem precisar cortar os alimentos preferidos da dieta.

Gostou deste artigo sobre farinha de arroz? Então deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!


Veja!

dor couro cabeludo

Dor no couro cabeludo: causas e tratamentos

A dor no couro cabeludo é uma sensação incômoda e parece que o couro está …