faseolamina

Faseolamina – O que é, para que serve e benefícios.

Você já ouviu falar de faseolamina? Não?! Mas com certeza você já ouviu falar da luta das pessoas com a ingestão de carboidratos e nas loucuras das dietas ‘low carb’ que o transformaram em vilão do momento.

E se dissermos que com a faseolamina é possível inibir a ação dos carboidratos e reter menos gordura?! Esse é um dos motivos para que serve a faseolamina, proteína que explicaremos em detalhes nesse conteúdo.

São muito importantes para saúde do nosso corpo os benefícios da faseolamina e descrevemos aqui para que você compreenda mais sobre cada detalhe a respeito, como onde comprar faseolamina ou a dosagem da faseolamina correta.

Se você ainda não conhece, nunca tinha ouvido falar sobre ou quer conhecer melhor a faseolamina, esse conteúdo é uma oportunidade detalhada e objetiva de compreender. Boa leitura!

O que é?

A faseolamina é uma substância que existe há muito tempo e foi amplamente já analisada, mas atingiu seu auge de utilização no momento atual por ter em sua ação algo que as pessoas procuram durante muitos anos e nunca quiseram tanto como nos períodos atuais, a eliminação de gordura.

 

faseolamina o que é
A faseolamina é uma substância que pode melhorar a nossa saúde e ainda reduzir a gordura acumulada, ajudando a manter uma alimentação regular e a pratica de exercícios físicos

No entanto não é tão simples nem tão direto quanto parece, a eliminação de gordura é apenas um dos processos finais da faseolamina, em alguns casos, é claro.

A faseolamina é uma proteína encontrada no feijão branco, e apesar de não ser produzida pelo nosso organismo é daquelas que faz muito bem e pode, conscientemente em alguns casos, participar de suplementação para que nossas funções se desenvolvam de melhor forma.

O maior mito atualmente sobre a faseolamina é que ela emagrece e não é bem assim, sua relação tem mais a ver com a diminuição de gordura, o que apesar de parecer a mesma coisa, não é.

No entanto, não são poucos e nem pequenos os benefícios que a ingestão dessa proteína pode nos trazer, e por isso você se informará a respeito nos próximos tópicos, de modo a entender exatamente do que maravilha é essa que estamos falando.

Para que serve?

Se você está se perguntando para que serve faseolamina, ela trabalha diretamente contra um dos maiores inimigos das pessoas que buscam dietas e processos de emagrecimento atualmente, os carboidratos.

É importante dizer que eles são importantes para a nossa saúde, mas quando em grandes quantidades produzem sim uma quantidade considerável de gordura.

Os carboidratos são responsáveis pelo encaminhamento de toda a glicose presente n nosso organismo ir direto para as nossas células. Quando isso acontece as gorduras são formadas mais facilmente já que tem conteúdo de sobra dentre das células para se desenvolver.

A ação da faseolamina trabalha diretamente com essa função responsável do carboidrato, bloqueando-a de modo que eles sejam quebrados e o armazenamento de gordura por parte das células seja muito menor. Dá pra entender?

Vamos colocar como exemplo as famosas dietas “low carb” que se fundamentam em redução severa da quantidade de carboidratos por dia, ou em alguns casos na restrição completa deles. No caso do uso da faseolamina, isso não é necessário.

Os carboidratos serão ingeridos normalmente, sem restrições alimentares muito complexas ou vontades repentinas que devam ser caladas. É esse o motivo para que serve a faseolamina, ser ingerida antes das refeições com carboidratos, de modo a se preparar para sua chegada quebrando-os.

Benefícios

Trouxemos os principais benefícios da faseolamina, tanto no seu modo natural quanto no produto industrializado. Os três benefícios da faseolamina abaixo são praticamente os pilares base e a partir deles outros benefícios se desenvolvem.

  • Redução dos níveis de gordura

A partir do processo da faseolamina com os carboidratos já descrito, entende-se o quanto as células de gordura passam a reter menos gordura, possibilitando em alguns casos a redução de medidas da pessoa que toma. Esse comportamento varia de organismo para organismo e por isso muito se confunde se faseolamina emagrece, quando cada corpo reagirá a essa diminuição de gordura de um jeito, alguns se mantendo.

  • Desenvolvimento da Saúde Intestinal

A partir do momento que os carboidratos são “quebrados” e tem sua função inicial interrompida por meio da ação da faseolamina, eles não se tornam inúteis. Antes de serem eliminados, os carboidratos se transformam em nutriente para as bactérias presentes no intestino, de modo que desenvolve melhor as funções e traz benefícios para toda a flora.

  • Prevenção da Diabetes

Como a faseolamina tem entre suas capacidades a de controlar a glicose do organismo, evitando uma liberação maior que o necessário de hormônios como a insulina, por exemplo, desencadeia a prevenção de um tipo de diabetes. Com a menor presença desse hormônio, menor a possibilidade dela se desencadear.

Como tomar?

Existem duas formas de tomar a faseolamina. A primeira seria uma forma mais caseira baseada no modo como ela é de fato encontrada na natureza, já que ela tem origem no feijão branco.

Algumas pessoas podem torcer o nariz por acreditar que quando não manipulada industrialmente como em suplementos, a faseolamina não fará tanto efeito, mas é muito pelo contrário.

Não é incomum pessoas fazerem a ingestão da faseolamina por meio do feijão branco, que pode ser transformado muito facilmente em uma farinha de feijão branco, por exemplo.

Essa farinha fonte de faseolamina acaba se tornando um aliado, no entanto só se recomenda a ingestão de uma colher por dia, no máximo.

O outro modo de comprar faseolamina e ingerir é através das cápsulas de suplementação, modo como ela é industrializada e vendida. A faseolamina em cápsula pode ser encontrada em diversas concentrações e deve ser ingerida com água, assim como a farinha de feijão branco natural.

Em comum entre elas no modo como tomar não está só a água, mas também o momento em que se deve tomar. É preciso ingerir a faseolamina antes das refeições, para que se tenha o efeito esperado de modo que a faseolamina se prepare para os carboidratos que chegarão.

Independentemente de comprar faseolamina natural ou não, ela só pode ser ingerida após prescrição médica, como falaremos a seguir.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Quantidade recomendada

Como qualquer medicamento e produto que apresenta inúmeros benefícios ou benefícios muito procurados pelo grande público, a dosagem da faseolamina também deve ser cercado de cuidados e muita responsabilidade no momento de sua ingestão.

A quantidade recomendada não pode ser arbitrada de maneira geral nesse caso, por que não é nem de perto uma verdade absoluta sobre o modo como todas as pessoas se sentirão bem e satisfeitas após uma única dose.

O que se sabe comprovadamente e não existem dúvidas é que a faseolamina é uma proteína forte que não pode ser de modo algum consumida exageradamente.

O limite máximo que se recomenda por dia é de apenas uma grama, quando na condição de suplemento, para se ter ideia da gravidade de uma dose maior que o necessário.

O mesmo vale para a farinha de feijão cru que embora seja feita de modo natural e mais prático, também contém quantidade grande de faseolamina.

Enquanto muitos pensam que por ser natural não fará mal de algum modo, existe o mesmo risco e pressão de não se ingerir a dosagem de faseolamina maior do que o necessário podendo garantir a pessoa sintomas de enjoo e desarranjo intestinal.

Contraindicações

As contraindicações da faseolamina se baseia muito em pessoas que não possam colocar em risco o equilíbrio dos nutrientes do seu corpo.

Como por exemplo, os carboidratos exercem uma função importante num momento certo, alguns quadros não se indicam arriscar uma parada no funcionamento deles, como em mulheres grávidas por exemplo.

Além disso, pessoas que tenham problemas com hipoglicemia ou algumas condições ou doenças que se relacionam a glicose presente no nosso corpo, devem ficar muito atentas a esse medicamento e perguntar o mais rápido possível a um médico responsável pois só ele saberá te dizer se você deverá ou não o ingerir.

Além das questões relativas a possíveis reações alérgicas onde se deve analisar que componentes estão presentes na faseolamina, existe também um fato muito importante quanto a energia do corpo.

A quantidade de nutrientes presentes no corpo e a consequente energia que eles geram será alterada. Desse modo, pessoas que dependem de resistência e força, como atletas de alta performance por exemplos, serão prejudicadas a partir do uso da faseolamina.

Efeitos colaterais

Entre os efeitos colaterais da ingestão da faseolamina, que podem acontecer naturalmente, ninguém está imune a isso, mas acontecem mais comumente em casos onde não se respeitam as contraindicações do medicamento ou pior, as doses prescritas.

Além disso, em muitos casos pessoas sequer procuram médicos experientes para conseguir a prescrição sobre a dose exata de faseolamina a se tomar.

Os efeitos colaterais da faseolamina podem ser de enjoo, tontura, náuseas e possível ânsia de vômito. Podendo atacar também mais a área abdominal, desencadeando dor na barriga como gases ou inchaço, como também dor de barriga como acontece com pessoas que tem diarreia como efeito.

 

faseolamina resultado
Não devemos esquecer que a faseolamina reduz a gordura acumulada além de trazer os benefícios para a nossa saúde

É importante estar sempre em sintonia com o seu médico e ouvir sempre as recomendações, pois só ele será capaz de te indicar o tipo certo de faseolamina para a sua necessidade.

Gostou deste artigo sobre faseolamina? Então deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!