Home / Tratamentos e Remédios Naturais / Frutas Desidratadas – Como desidratar e seus benefícios

Frutas Desidratadas – Como desidratar e seus benefícios

As frutas desidratadas geralmente costumam aparecer mais em festas de fim de ano e com os preços lá em cima justamente pela sua alta procura.

O que muita gente não sabe é que há a possibilidade de fazer frutas desidratadas em casa com um preço mais acessível e com as frutas de sua preferência, tudo de forma bem natural, sem aditivos ou açúcar em sua composição. Veja a seguir como fazer as suas frutas desidratadas de alta qualidade em casa.

Como desidratar frutas

Passo 1: Selecione e limpe

Primeiramente você deve escolher quais as frutas desidratadas que você quer, elas devem estar quase ou totalmente maduras. Após selecionadas você deverá fazer toda higienização correta para que bactérias sejam eliminadas.

frutas desidratadas como fazer
Veja como preparar as frutas desidratadas para auxiliar em sua saúde

Enxague as frutas com água fria e retire as sementes, casca e imperfeições. A casca não deve ser obrigatoriamente retirada, mas há frutas como a maçã e o pêssego que secam melhor sem a casca.

Passo 2: Corte

Após o processo de selecionar, lavar e preparar as frutas é necessário que sejam feitos cortes. Esses cortes devem ser o menor e mais fino possível, pois quanto mais fino e menor o pedaço da fruta elas secarão mais rápido e com uma maior qualidade.

Frutas pequenas como a uva, por exemplo, não precisam ser cortadas, pois no processo de desidratar as frutas elas murcham e encolhem.

Passo 3: Mantenha as frutas mergulhadas na água e limão

As frutas depois de cortadas devem ser mantidas na água com limão por 10 minutos. Desta forma ocorrerá a minimização da descoloração das frutas durante o processo.

Passados os 10 minutos retire as frutas da água com limão e seque-as cuidadosamente com uma toalha que não fique soltando pelos e nem fiapos.

Passo 4: Pré-aqueça o forno

Ligue o forno em temperatura baixa para as frutas mais finas e delicadas como a banana, pêssego ou maçã. Outros tipos de frutas como o morango ou kiwi requerem uma maior temperatura.

Passo 5: Coloque na assadeira

Enquanto o forno está pré-aquecendo é hora de arrumar as frutas na assadeira para desidratar. Antes de dispor as frutas na forma é essencial que ela seja coberta com papéis manteiga para evitar que grude. Ao colocar as frutas para secar certifique-se de que elas não estão se tocando.

Passo 6: Coloque no forno

Agora sim começa realmente o processo de desidratar frutas. Coloque a assadeira no forno e deixe por aproximadamente 1 hora e 30 minutos.

Esteja sempre verificando se as frutas já estão secas ou se ainda precisam de mais um tempinho no forno. Uma ótima dica durante a desidratação das frutas é deixar a porta do forno levemente aberta, isso evitará que a desidratação passe do ponto com maior facilidade.

Passo 7: Armazene em recipientes

Depois de desidratar as frutas é necessário que você espere elas esfriarem para depois armazenar em um recipiente limpo e com tampa. Elas podem ser colocadas na geladeira e podem ser consumidas em até 2 semanas. Caso fiquem fora da geladeira o consumo deve ser feito em até 5 dias.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Benefícios das frutas desidratadas

– Reduz riscos de câncer: As frutas desidratadas apenas não possuem a água, pois esta é retirada no processo de desidratação, no entanto os seus outros nutrientes permanecem em sua composição. Estes nutrientes são responsáveis por ajudar a combater o desenvolvimento de células cancerígenas no corpo humano.

– Previne doenças cardíacas: Os frutos secos como a castanha, amêndoa e nozes possuem bastante vitamina E e gorduras boas para o nosso organismo. As gorduras poli-insaturadas e monoinsaturadas presentes nessas frutas são ótimas para o sistema cardiovascular, prevenindo doenças e reduzindo também o colesterol ruim.

– Melhoram o intestino: Pelo fato de conter 3 vezes mais fibras que a fruta em seu estado normal, as frutas desidratadas ajudam a regular e manter o bom funcionamento intestinal.

– Ajudam na dieta dos diabéticos: Pessoas que possuem diabetes se restringem a comer certos alimentos e frutas em grandes quantidades. As frutas desidratadas ou secas possuem uma grande quantidade de micronutrientes, incluindo o magnésio. O magnésio controla a glicemia no sangue e ajuda na produção de insulina.

Assim é possível que o diabético possa acrescentar as frutas desidratadas em seus alimentos e consumi-las em seu dia a dia até como uma sobremesa.

– Fortalecem os ossos: Por conter grandes quantidades de cálcio e zinco, as frutas desidratadas ajudam no fortalecimento dos ossos, ajudando assim a prevenir a osteoporose.

frutas desidratadas fortalecer os ossos
As frutas desidratadas podem fortalecer os ossos e reduzir quaisquer dores musculares

– Ajudam na gravidez: As frutas desidratadas possuem uma grande taxa de vitaminas, inclusive a vitamina A que é uma das responsáveis pelo desenvolvimento saudável do embrião. Além disso, ajuda a reduzir constipações, o que é muito frequente nas gestantes.

Como muitas gestantes sofrem com os enjoos, as frutas secas podem ser consumidas de diversas formas desde puras (como um lanche) até em uma comida fria e salgada, dando assim um toque agridoce e permitindo uma maior variação para o paladar da gestante.

Gostou deste artigo sobre frutas desidratadas? Então deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!


About Portal Universo da Saúde

Universo da Saúde - Um portal com conteúdos de qualidade sobre saúde, doença, causas, tratamentos, remédios caseiros e cuidados. Aproveite nossos conteúdos gratuitos e tome cuidado com a sua saúde.

Check Also

dor couro cabeludo

Dor no couro cabeludo: causas e tratamentos

A dor no couro cabeludo é uma sensação incômoda e parece que o couro está …