Gengivite: Causas, sintomas e tratamentos caseiros

A gengivite é uma doença bastante comum e com o tratamento adequado pode ser curada. Muitas são as causas e os sintomas da gengivite e conhecê-los pode ajudar a prevenir ou buscar tratamento, a fim de evitar a periodontite, o estágio mais grave da gengivite.

A gengivite pode provocar dor, além de inchaço e sangramento, e torna impossível a ingestão de produtos gelados (como o sorvete), pois os dentes ficam mais sensíveis a certas temperaturas. Porém, não é necessário mudar todos os hábitos por causa da gengivite; ela tem cura!

Neste conteúdo, vamos abordar tudo sobre a gengivite, suas causas, os sintomas e quais são os melhores tratamentos caseiros para aliviar esse problema bucal.

O que é gengivite?

Gengivite é uma inflamação da gengiva causada por acúmulo de bactérias, formando a placa bacteriana que irrita e sangra a gengiva. Esta inflamação atinge os tecidos que sustentam os dentes, como as gengivas, ligamentos e tecido ósseo ao redor da raiz do dente (também chamado de osso alveolar.

A longo prazo, os resíduos de comida e as bactérias acumuladas se desenvolvem na parte visível dos dentes — uma das principais causas da cárie — transformando-as em tártaro, que produz mais bactérias que irritam a gengiva, deixando-as sensíveis.

A gengivite é causada por inúmeros fatores, desde uma má escovação, o uso de aparelho dentário e até mesmo a boca seca. Conheça as 5 causas mais comuns da gengivite:

5 causas da gengivite

Apesar da má higiene bucal ser responsável pela maioria dos casos de gengivite, existem outras causas, algumas até mesmo passam despercebidas:

  • Má higiene bucal

A principal causa de inflamação na gengiva está relacionada a uma escovação precária, por vezes, provocada por má orientação ou uso inadequado do fio dental. Profissionais aconselham que a pessoa escova os dentes, pelo menos, 4 vezes ao dia, use fio dental e enxaguante bucal.

  • Fumo

O cigarro também pode causar gengivite. Além do fumo ser uma das causas de várias doenças, como enfisema pulmonar e câncer de pulmão, fumar pode inflamar a gengiva, visto o número extenso de toxinas presentes no cigarro.

  • Boca seca

Boca seca é quando há pouco fluxo salivar, podendo estar associado a desidratação, uso de drogas antidepressivos ou ansiedade. Como a saliva é importante na limpeza natural da boca, ela impede que a placa bacteriana se instale, causando a halitose (mau hálito) e a gengivite.

  • Aparelhos dentários mal encaixados ou não limpos

Qualquer pessoa que já usou ou usa aparelho dentário já deve ter relatado dor e sensibilidade nos dentes. É que quando o aparelho não é bem encaixado, a limpeza não é feita corretamente ou ainda por simples atrito com o metal, a gengiva sofre irritação tanto quanto se fosse uma placa bacteriana.

  • Diabetes

Pessoas com diabetes têm maior risco de sofrerem problemas bucais, como gengivite e periodontite, porque o organismo tem menos capacidade de combater as bactérias que atacam a gengiva. Por isso, para os diabéticos, tão importante quanto cuidar da saúde bucal é manter controlado o nível de glicose no sangue para evitar que a gengivite evolua para uma doença periodontal mais agressiva e a pessoa perca seus dentes.

Seja qual for a causa da gengivite, todas elas apresentam muitos dos sintomas clássicos da doença bucal. Acompanhe:

Sintomas da gengivite

diagnostico de gengivite
Diagnóstico e sintomas da gengivite

A gengivite nem sempre causa dor, mas deixa sinais claros de que a saúde bucal precisa de cuidados:

Sangramento na gengiva

Se o motivo da gengiva sangrar não estiver relacionada com uma escova dura, pode ser caso de gengivite. A gengiva torna-se mais sensível durante a escovação ou no uso do fio dental, mesmo com o maior cuidado.

Gengiva inchada e vermelha

Com o atrito da escova, fio dental ou até mesmo alimento, a gengiva tende a inchar, ficar vermelha e doer em casos de gengivite.

Dentes sensíveis a temperaturas frias ou quentes

Quem tem gengivite sabe bem como é difícil ingerir certos alimentos. Seja um sorvete, uma água gelada ou um chá quente, qualquer alimento frio ou quente pode provocar uma sensação dolorosa aos dentes devido a sua sensibilidade. Esta sensibilidade é um dos sintomas da gengivite causado pela inflamação na gengiva.

Mau hálito é um dos sintomas da gengivite

Toda inflamação causa odor desagradável, esteja ela em qualquer lugar do corpo e, portanto, não seria diferente com a nossa gengiva. Aquela sensação de gosto ruim na boca também pode ser sintoma de gengivite.

Gengiva retraída

Seus dentes parecem mais longos? Este é outro sintoma da gengivite e ocorre porque há retração da gengiva e com isso traz a impressão de que os dentes estão maiores.

Gengivas se afastam dos dentes

Devido a inflamação a gengiva cria uma bolsa afastando os dentes ou até mesmo se separando.

Tratamentos para a gengivite e remédios caseiros

Dentre alguns tratamentos para aliviar os sintomas da gengivite, sempre há um enxaguante bucal ou um creme dental específico que ajuda a combater a inflamação da gengiva. Entretanto, muitas vezes não temos condições de comprar, mas temos a solução em casa sem saber.

Abaixo você conhecerá alguns remédios caseiros para a gengivite, um tratamento mais fácil e econômico:

Bicarbonato de sódio

Muito usado para clarear os dentes, o bicarbonato de sódio também é um remédio caseiro para a gengivite e pode curar a inflamação na gengiva. Basta misturar a água oxigenada (em proporções iguais) ou água mineral e fazer bochechos. Lembre-se de nunca engolir produtos bucais, sejam eles enxaguantes, cremes dentais e antissépticos.

Chá de mirra e sal marinho

A mirra é uma planta com propriedades antimicrobianas e adstringentes, que reduz a dor, mata as bactérias e cicatriza mais rápido. Para preparar esse enxaguante bucal caseiro misture ¼ de extrato de mirra e ¼ colher (chá) de sal marinho em 125 ml de água. Depois, use 60 ml deste chá para fazer bochechos.

Vitamina C

Talvez, tudo o que a sua gengiva precisa é de vitamina C. Na verdade, o seu organismo, quando carente desta vitamina, torna-se mais suscetível a vírus causadores da gripe e do resfriado, logo, a entrada de bactérias acumulam-se na gengiva, provocando a gengivite. Você pode encontrar a vitamina C como suplemento ou nos alimentos, tais como: morango, laranja, mamão, abacaxi, limão e goiaba.

Limão

limao para tratar gengivite
Tratamento natural para gengivite

O limão, além de conter vitamina C, pode ser usado para fazer bochechos. Basta misturar o suco de 1 limão e aquecer em meio copo de água. Não deixe ferver. Em seguida, faça de 2 a 3 bochechos por semana.

Creme dental natural

Muito já foi dito sobre um componente abrasivo presente na maioria dos cremes dentais, o lauril sulfato de sódio. Isto leva a pessoa a preferir produtos naturais e caseiros, e fazer o seu próprio creme dental é fácil:

  1. Misture 100 g de argila branca em água fervente
  2. Adicione uma pitada de sal marinho integral
  3. 5 gotas de óleo de hortelã-pimenta ou 2 gotas de azeite essencial de orégano
  4. Misture a argila branca e o sal marinho.
  5. Assim que ele tiver consistência de um creme, adicione o óleo de hortelã-pimenta. A pasta dental pode ser guardada em pote de vidro.

Quando a gengiva estiver desinflamada é importante cuidar para que a gengivite não volte. Para isso, tenha o hábito de escovar os dentes após as refeições, usar fio dental, enxaguante bucal, visitar o dentista periodicamente e claro, cuidar da alimentação.

Lembre-se, o excesso de alimento acumulado pode causar a gengivite, mas a ausência — da vitamina C, por exemplo — também pode ser fator de risco para a doença bucal.

Gostou deste conteúdo sobre gengivite e suas causas, sintomas e tratamentos? Comente e curta nossa página do Facebook.

5 (100%) 33 votes