Home / Remédios / ISOTRETINOÍNA – Para que serve e como funciona

ISOTRETINOÍNA – Para que serve e como funciona

A pele com acne é algo bem característico da adolescência, a presença dela incomoda muitos jovens que para resolverem a situação recorrem a alguns cremes e pomadas para cravos e espinhas, porém quando ela se apresenta em grau mais elevado é necessário um tratamento dermatológico.

Um remédio “poderoso” para combater a acne é o isotretinoína, mais conhecida pelo nome de Roacutan.

A grande vantagem da isotretinoína é que na maioria dos casos o resultado é permanente, o paciente não terá que buscar outros tratamentos que nem sempre dão o resultado esperado.

No entanto, existe um lado negativo do uso da isotretinoína, essa substância possui alguns riscos e efeitos colaterais.

O uso desse medicamento é totalmente feito por meio de uma prescrição e acompanhamento médico, normalmente ela será indicada apenas para os casos mais graves de acne.

Este artigo explicará o que é isotretinoína, para que serve, como funciona, contraindicações, precauções, como usar, efeitos colaterais, consumo em excesso e preço.

O que é Isotretinoína

Isotretinoína ou Roacutan é uma substância derivada da vitamina A, vendida como medicamento para eliminar acne severa e resistente, somente pode ser comprado através de indicação médica. Esse elemento também é usado em tratamento de quimioterapia.

A isotretinoína pode ser comercializada em pomada, creme, gel, como também para o uso oral.

Para que serve

A isotretinoína serve para tratar acne em níveis mais elevados, quando outros remédios ou produtos para pele não estão surtindo efeito.

A acne causa alterações na pele, deixando-a inflamada e com marcas de cicatrizes que incomoda muita gente, principalmente os jovens.

Uma pele cheia de acne pode afetar até a autoestima e vida social de um adolescente, muitos para se livrarem do problema e conseguirem ter o rosto sem marcas, buscam primeiramente pelo Roacutan, porém será necessária toda uma avaliação médica para ser autorizado o uso dele.

para que serve isotretinoina
A isotretinoína só deve ser utilizada para tratar problemas de pele que não foram eliminados com medicamentos mais fracos e menos perigosos

Como funciona

O resultado da isotretinoína está relacionado à redução da atuação e tamanho das glândulas sebáceas.

O tratamento com isotretinoína ocorre quando a acne está em grau II e III, a substância elimina a ação e desenvolvimento de bactérias e inflamações, além de minimizar o surgimento de cravos.

Normalmente, o medicamento promove uma melhora da acne logo no início do tratamento, no entanto, entre a 2º e 6º semana pode ocorrer uma piora do quadro. Após esse período a acne começa a sumir gradualmente.

A resposta do Roacutan no organismo leva em média de 8 a 16 semanas, finalizado o tratamento a melhora é bastante significativa, assim o paciente não precisará realizar nenhum outro tipo de tratamento.

É possível que ao final do tratamento a acne volte a aparecem, porém as chances são baixas e caso surja o nível será menor.

O Roacutan somente será prescrito no caso de outras opções, como, por exemplo, pomadas, cremes e antibióticos não surtirem efeito. Isso porque esse remédio pode causar diversos efeitos colaterais, não sendo assim possível o tratamento a todos.

Contraindicações

A isotretinoína apresenta várias contraindicações, são elas:

  • Mulheres grávidas ou que desejam ficar grávidas durante o tratamento;
  • Lactantes;
  • Pacientes que possuam no organismo elevados níveis de Vitamina A antes de realizar o tratamento;
  • Pessoas que fazem o uso de tetraciclinas e derivados;
  • Indivíduos com valores lipídicos sanguíneos com índices muito elevados;
  • Pacientes que tenham hipersensibilidade a substância ou aos seus componentes;
  • Como a Isotretinoína contém óleo de soja, pacientes com alergia a esse óleo não podem usá-lo;
  • Pessoas alérgicas a parabenos;
  • Indivíduos que tenham insuficiência hepática.

Precauções

Antes de iniciar o tratamento com isotretinoína é necessário se atentar as precauções, são elas:

Exames do fígado ou enzimas:

Antes do tratamento será necessário examinar o fígado ou enzimas, essa avaliação ocorrerá novamente após um mês de começá-lo, outras ocorrerão a cada três meses ou mais conforme indicação médica.

Caso haja alguma alteração significativa das enzimas, a dose poderá ser diminuída ou suspendida.

Metabolismo lipídico:

Os lípides no sangue precisam ser avaliados antes de iniciar o tratamento, um mês depois e a cada três meses ou mais se solicitado pelo clínico.

Se for diminuída a dose do medicamento ou suspendida, os níveis de lípides no sangue se normalizarão.

Caso exista uma elevação de triglicérides, essa alteração pode está associada com pancreatite aguda que é fatal, devido a isso sempre deve ser feito o controle dessa taxa.

Distúrbios psiquiátricos:

Sintomas como depressão, sinais psicóticos, alguns suicídios e tentativas em quantidade muito pequenas, foram registrados em pacientes que estavam em tratamento com a isotretinoína, porém não existi comprovação estabelecida de uma relação entre eles.

Indivíduos que apresentem sintomas de depressão devem ser acompanhados e direcionados ao tratamento de um profissional da área caso necessário.

Distúrbios do musculoesquelético e tecido conectivo:

Pacientes que se submetem a altas doses de isotretinoína, ultrapassando a recomendada nos tratamentos de acne estão suscetíveis a alterações ósseas, como o fechamento precoce de epífises, hiperostose e calcificações de tendões e ligamentos.

A diminuição da tolerância ao exercício intenso pode causar dores nos músculos e articulações.

Indivíduos em tratamento com isotretinoína que estão em atividade física intensa podem ter elevação isoladas de creatinofosfoquinase sérica.

Redução da contagem de células brancas e vermelhas:

Redução da contagem de células vermelhas e contagem de células brancas e raros relatos de agranulocitose podem ocorrer ao usar a substância. Caso ocorra uma queda brusca da contagem de células brancas a isotretinoína terá que ser suspendida.

Problemas na pele:

Pode acontecer uma piora no quadro de acne do paciente, porém esse efeito é normal e possivelmente não haverá necessidade de ajuste da dose.

A exposição ao sol deve ser evitada, mas quando necessário deve ser usado protetor solar de fator maior que 15.

A depilação com cera deve ser evitada por um período de no mínimo 6 meses depois que finalizado o tratamento, para evitar que a pele seja machucada, crie cicatrizes ou dermatite.

É importante usar protetor labial durante o uso da medicação para evitar o ressecamento dos lábios.

Algumas reações graves na pele estão relacionadas ao tratamento com isotretinoína, elas podem gerar risco de vida ao paciente e levar a morte, devido a isso o indivíduo precisa ser cuidadosamente monitorado e caso necessário a substância precisará ser interrompida.

Problemas visuais:

Ressecamento dos olhos, inflamação no contorno das pálpebras, conjuntivite, opacidades nas córneas, redução da visão noturna e ceratite, são efeitos que normalmente somem depois que descontinuado o tratamento.

Se os olhos ficarem ressecados é possível minimizar essa ação através do uso de lubrificantes oculares ou lágrimas artificiais.

Com a chance de apresentar ceratite, o paciente com ressecamento ocular precisa ser acompanhado por um profissional da área.

Em caso de dificuldades visuais o médico deverá ser consultado, se necessário o tratamento será suspendido.

O uso de lente de contato pode causar intolerância, para evitar isso deve ser optado o óculos no período do tratamento.

Hipertensão intracraniana benigna:

Em situações mais raras podem surgir hipertensão intracraniana benigna, os sinais dela envolve: cefaleia (dor de cabeça), vômitos, náuseas, edema de papila e distúrbios visuais.

Caso o paciente apresente esses sintomas deverá ser consultado pelo médico que está acompanhando seu tratamento.

Distúrbio gastrintestinal:

A isotretinoína pode está relacionada a doença inflamatória intestinal em pacientes sem histórico prévio de desordens intestinais. Caso o indivíduo apresente diarreia hemorrágica deverá procurar o médico, pois o uso será suspenso imediatamente.

Reações alérgicas:

Alergia sistêmica tem apresentado pouca incidência, os relatos são apenas no caso de prévia exposição a retinóides. Outro caso raro são as alergias cutâneas.

Pode surgir inflamação dos vasos das extremidades com hematomas e equimoses e envolvimento de outros órgãos sem ser a pele.

Nos casos de reações alérgicas mais graves, será necessário procura o médico para suspender o uso e receber o devido acompanhamento.

Pacientes especiais:

Pacientes diabéticos, obesos, alcoólatras ou com distúrbio do metabolismo lipídico que estão em tratamento com isotretinoína poderá ter que realizar exames dos valores lipídicos e glicemia com maior frequência.

Se o indivíduo possui ou está com suspeita de diabetes, será indicado a verificação constante dos níveis da glicose sanguínea.

Elevação dos índices de glicose no sangue quando em jejum e casos de diabetes foram diagnosticados no período de tratamento com isotretinoína.

Pacientes pediátricos:

Não há estudos do tratamento com isotretinoína em pacientes de idade menor que 12 anos.

Pacientes idosos:

Estudos do uso de isotretinoína em pacientes acima de 65 anos ainda são experimentais em situações que não envolvem a acne.

É indicado o acompanhamento de pacientes idosos e frequente o monitoramento dos níveis séricos de creatinina, colesterol, triglicérides e da função renal, pois esse grupo pode apresentar diminuição da função renal e dislipidemias devido idade avançada.

Pacientes do sexo masculino:

Os níveis de exposição materna ao sêmen e fluido seminal em usuários de isotretinoína não apresenta risco de teratogenicidade.

Precauções adicionais:

A isotretinoína jamais deve ser repassada a outras pessoas. Cápsulas não usadas devem ser devolvidas no final do tratamento ao farmacêutico responsável.

O indivíduo deve evitar doação de sangue até 1 mês que finalizado o tratamento.

Somente usar o medicamento sobre recomendação médica.

Devido a diminuição da visão noturna, pessoas que dirigem ou trabalham operando máquinas devem ter cuidado.

Como usar

A isotretinoína em cápsula deve ser tomada via oral de 1 ou 2 vezes por dia durante as refeições. A cápsula não deve ser aberta, cortada ou mastigada.

Caso seja necessário o medico ajustará a dose de acordo com a situação e especificação de cada paciente.

Recomenda-se que o tratamento se inicie com 0,5 mg/kg diário, podendo varia entre 0,5 e 1,0 mg/kg/dia.

Indivíduos com acne no tronco ou doenças graves podem ter a dosagem mais altas de até 2,0 mg/kg.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Efeitos colaterais

A isotretinoína pode oferecer alguns riscos e efeitos colaterais, podendo ser:

 

  • Defeito permanente no feto;
  • Ressecamento das mucosas;
  • Queda de cabelo;
  • Sangramento nasal;
  • Pele ressecada;
  • Dor nos músculos e articulações;
  • Dores de cabeça;
  • Aumento do colesterol;
  • Aumento de triglicerídeos;
  • Urticária;
  • Alterações das enzimas hepáticas;
  • Pancreatite;
  • Hepatite;
  • Diminuição dos níveis de testosterona;
  • Lesões extensas nos testículos;
  • Lábios ressecados;
  • Doenças respiratórias;
  • Diminuição do colesterol HDL;
  • Hipotireoidismo;
  • Redução da imunoresistência.
queda de cabelo isotretinoina
A queda de cabelo pode ser a principal reação da isotretinoína e é difícil combate-la

Consumo em excesso

O consumo em excesso pode causar ressecamento dos lábios, rachaduras na pele, cefaleia (dor de cabeça) e perturbações visuais, esses são os sintomas de hipervitaminose A. Caso tenha usado uma super dosagem, suspenda o uso da medicação e procure seu médico com urgência.

Preços

A Isotretinoína 20 mg com 30 Cápsulas pode custar entorno de 50 a 130 reais.

Gostou deste artigo sobre Isotretinoína? Então deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!


About Portal Universo da Saúde

Universo da Saúde - Um portal com conteúdos de qualidade sobre saúde, doença, causas, tratamentos, remédios caseiros e cuidados. Aproveite nossos conteúdos gratuitos e tome cuidado com a sua saúde.

Check Also

dermacosmeticos

Dermocosméticos

Os dermocosméticos já são conhecidos das mulheres, principalmente as que estão acima dos 30 anos …