Saiba mais sobre a mentoplastia, seus riscos, indicações e cuidados

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Você sabe que parte do seu corpo é cientificamente chamada de ‘mento’? E sabia que podem ser feitas cirurgias plásticas para reparação e redução? Sim, muitas pessoas apresentam deformidade óssea no queixo afetando a dimensão e falta de proporção nessa região do rosto, fazendo com que seja necessário realizar uma mentoplastia.

A mentoplastia resolve problemas como as dificuldades de respiração e outros problemas na fala e mastigação por conta do não encaixe da mandíbula.

O bom é que existe a mentoplastia, uma cirurgia de reparação para qualquer tipo de deficiência nessa área, permitindo aumentar ou trabalhar na redução da imperfeição.

O que é a mentoplastia

A mentoplastia é uma cirurgia plástica feita na região do mento, popularmente conhecida por todos como queixo, que visa tratar de pequenas correções na área inferior dos lábios, adequando seu posicionamento. Essas correções podem ser de acordo com à forma do queixo, disposição óssea, contorno e até mesmo suas dimensões. Por meio da cirurgia de mentoplastia, é possível não somente reduzir a região do osso do queixo como projetá-lo um pouco mais pra frente, devido às movimentações precisas na mandíbula, auxiliando novo posicionamento do queixo, de acordo com a vontade do paciente. Essa mudança também pode ser feita com o auxílio de próteses, conforme veremos a seguir.

Mentoplastia
Resultado da mentoplastia

Você também pode gostar destes conteúdos:

Indicações da mentoplastia

As funcionalidades da mentoplastia se dividem basicamente em duas funções: as cirurgias reparatórias e as exclusivamente estéticas. No caso das reparatórias, que tem a função de corrigir a deformidade facial e do próprio queixo, é muito baseada de acordo com a extensão do queixo e sua disposição. Queixos muito proeminentes (pra frente), muito pra trás e até os que não apresentam simetria normalmente estão entre os principais corrigidos através da mentoplastia.

No caso da cirurgia para aparência, varia de acordo com o gosto e ótica de cada paciente, não tendo necessariamente ligação com a correção de algo. Nesses casos, é importante lembrar que o queixo é um componente facial e precisa estar em harmonia com toda ela, nariz, olhos, boca. Por isso a mudança não deve ser avaliada isoladamente e sim através de análise facial do conjunto. Os formatos de queixo variam de acordo com o sexo, o queixo masculino tende a ser mais largo e o feminino mais afilado, além de carregar fatores genéricos e familiares presentes tanto na parte superior a boca quanto inferior, também relacionados a etnias.

Pré-requisitos para fazer a cirurgia

Como qualquer procedimento cirúrgico, o paciente deve ter total acompanhamento e resguardo dos seus médicos, assim como a indicação clínica que lhe permita operar. Isto é, o paciente deve apresentar boas condições de saúde, resiliência e capacidade de recuperação que não sejam comprometidas durante ou após o procedimento operatório.

No caso específico da mentoplastia, dever ser feita uma análise facial, visando a possibilidade de melhorar de fato o contorno mandibular-cervical. Como os dentes e a boca compõem a área do mento e suas proximidades, qualquer irregularidade, dor, inflamação deve ser avisada imediatamente, contatando o médico para resolver todas as questões pendentes antes de fazer a cirurgia.

Pré-operatório da mentoplastia

Como todo procedimento cirúrgico que por mais simples que seja é sempre delicado, é aconselhável para o pré-operatório acompanhar e seguir sempre às instruções oferecidas pelo seu médico, obedecendo-as com atenção e cautela. Além disso, antes da cirurgia é preciso:

  • Tomar muito cuidado com os medicamentos ingeridos num período de tempo de até dez dias antes da cirurgia. Medicamentos a base de ácido acetilsalicílico são estritamente proibidos, assim como remédios para emagrecer.
  • Também deve ser evitado o consumo de bebidas alcoólicas na véspera da cirurgia, assim como grandes exageros de alimentação por parte do paciente, lembrando é claro do jejum absoluto no prazo das oito horas anteriores à cirurgia.

Todos esses cuidados devem ser seguidos à risca antes da operação acontecer. O paciente deve ir ao hospital com um acompanhante, levando consigo todos os exames feitos anteriormente, pertinentes ao processo cirúrgico, e ao sentir qualquer irregularidade, dor ou infecção, deve comunicar ao médico imediatamente.

Como é feita a mentoplastia

A cirurgia de mentoplastia tem diferentes formas de ser feita, considerando que cada caso é um caso e um procedimento sempre será diferente do outro. Mas em geral, os médicos iniciam através do contorno mandibular. Em casos de rostos mais finos é mais fácil de perceber os contornos visíveis, em rostos mais cheios alguns médicos optam por uma pequena lipoaspiração da região para que tudo possa ser harmonizado com mais clareza.

No caso de correções simétricas e pequenos preenchimentos no que se dá o nome de mentoplastia de aumento, o implante ou osso é colocado através de uma incisão que pode ser feita tanto dentro da boca quanto abaixo do queixo. Esse implante pode ser feito de gordura como um enxerto, mas também de silicone.

No caso do procedimento mais invasivo, que se refere a movimentação da mandíbula, para frente ou pra trás, requer além da reposição que o osso seja serrado e em seguida fixado com placas e parafusos na posição acordada com o paciente. O tipo de anestesia também é acordado com o paciente, levando em conta a complexidade do procedimento. Quando se trata de colocação de prótese de silicone para melhorar o preenchimento ou reduzir o mento, a anestesia é local com sedação, onde a anestesia pode ser aplicada no queixo ou parte específica do rosto.. Já nos procedimentos que precisam corrigir o rosto de forma mais invasiva, a anestesia utilizada é geral.

Duração da cirurgia

Cirurgia da mentoplastia
Tempo de duração da cirurgia de mentoplastia

A cirurgia da mentoplastia pode variar de acordo com a sua complexidade, nos casos de procedimentos invasivos e retirada de gordura, podendo variar de acordo com o grau de dificuldade de 90 a 120 minutos. Na maioria dos casos quando mais simples, não ultrapassa uma hora.

Pós-operatório

Apesar da área do mento ser relativamente pequena e a cirurgia simples, os cuidados não são poucos e devem ser seguidos atentamente para que não surjam eventuais problemas. Entre elas, estão:

Cuidado com as movimentações feitas após a volta pra casa, inclusive os esforços que são considerados normais no dia a dia e totalmente proibidos no pós-operatório. É recomendado que o paciente não fique muito sedentário, mas subida de escadas e caminhadas longas, por exemplo, devem ser evitadas nos primeiros dias após a cirurgia.

Quanto ao repouso, o paciente deve evitar de qualquer maneira deitar de bruços ou com o rosto no travesseiro no tratamento, justamente por causa do contato do local da cirurgia com a cama e travesseiro.

Existem ainda os cuidados com o sol, proibido num período de três meses. Para as saídas cotidianas que acabam sendo inevitável fugir do sol, deve-se lembrar sempre do filtro solar. Em relação a movimentação da mandíbula, opte por alimentos pastosos inicialmente na recuperação.

Siga atentamente todas as indicações dadas pelo seu médico e a qualquer duvida, escolha perguntar diretamente para ele.

Possíveis complicações da mentoplastia

As possíveis complicações consequentes da mentoplastia são as mesmas de qualquer procedimento cirúrgico e cirurgias plásticas, podendo haver alguma infecção, sangramento, abertura de pontos, entre outros. Além é claro da possibilidade de no período de tratamento o queixo apresentar alguma irregularidade ou assimetria na forma do queixo.

Ainda que sejam raras as complicações, o melhor jeito de evitá-las e se preservar ao máximo é escolhendo muito bem o cirurgião responsável pela sua cirurgia. Peça recomendações de pessoas de confiança, ouça o que eles tem a dizer, tenha o máximo de informação possível antes do processo operatório.

Preços da mentoplastia

O preço da cirurgia também depende de sua complexidade e é claro, do médico, o valor médio pode ser 20 mil reais podendo aumentar até 40 mil reais, não sendo um procedimento barato.

Em casos que o formato do resto prejudique a saúde e a respiração, aparência não, a indicação é que a cirurgia no queixo pode ser feita gratuitamente através do SUS.



Caso este artigo sobre mentoplastia tenha lhe ajudado, deixe um comentário e curta O universo da saúde no facebook!


5 (100%) 23 votes