Home / Uncategorized / Metástase óssea e suas causas

Metástase óssea e suas causas

Metástase é quando o câncer se espalha para além do órgão em que se originou. Para que o câncer se espalhe, é necessário que alguma dentre suas células que sofreram a mutação viaje através dos vasos linfáticos ou da corrente sanguínea e se estabeleça em uma nova parte do corpo, causando assim a metástase.

A metástase óssea é mais comumente causada por células cancerígenas provenientes de câncer de próstata, mama ou pulmão. Segundo a Escola Paulista de Medicina, a incidência dos tumores primários que apresentaram metástases ósseas foi de 49, 6 % para câncer de mama, 10,5 % de mieloma, 9 % de pulmão e 4,9 % de próstata.

Mais especificamente, cerca de 30 % dos cânceres de mama evoluem em metástase óssea e 80 % nos casos avançados de câncer de próstata e cerca de um terço dos cânceres de pulmão, rim, e tireoide também levam à ocorrência da metástase nos ossos.

Essas células que se deslocam do tumor primário e se estabelecem nos ossos, causam “buracos”, também conhecidos como metástases líticas, ou condensações ósseas, também chamadas de metástases blásticas.

5 Causas da metástase óssea

Abaixo relacionamos as causas da metástase óssea de forma explicativa.

Tumor primário e sua causa à metástase

Um tumor primário, geralmente sendo câncer de mama, próstata ou pulmão, ao se desenvolver atinge os vasos sanguíneos para continuar crescendo, ou os vasos linfáticos, que visam combatê-lo e, consequentemente, levam ao seu dispersar por meio destes para outros órgãos do organismo afetado. Ao atingirem e se estabelecerem no sistema esquelético causam a metástase óssea.

Ambas formas levam ao osso pois as células ósseas também necessitam ser nutridas, possuem vasos sanguíneos em seu interior e são alvo de infecções, sendo essas as formas responsáveis por levar o câncer aos ossos.

Câncer através dos vasos linfáticos é causa da metástase óssea

Os vasos linfáticos são os responsáveis por circular um líquido denominado linfa, composto de proteínas e lipídios, responsável por transportar glóbulos brancos e linfócitos T. Os glóbulos e linfócitos vão recolhendo todas as impurezas e agentes estranhos presentes nos tecidos e os combatendo, isso inclui as células cancerígenas.

Quando a linfa não consegue exterminar as células cancerígenas estas se espalham pelo organismo através dos vasos do sistema linfático, chegando assim aos ossos e, ao se desenvolverem, são uma das causas da metástase óssea.

Câncer através da corrente sanguínea é causa da metástase óssea

A corrente sanguínea é a causa mais comum da metástase óssea por ter uma comunicação livre com os canais venosos das vísceras abdominais, torácicas e da parede torácica, o que explica também a maior ocorrência de metástases ósseas na coluna vertebral e na pelve, devido à proximidade e a facilidade do deslocamento das células mutantes.

A corrente sanguínea passa por dentro dos ossos, como em qualquer outro órgão do organismo, levando as células cancerígenas ao osso junto com outros nutrientes. As células cancerígenas, ao se encontrarem com um hospedeiro dentro do sistema esquelético, começam a se desenvolver e o afetar nas determinadas áreas, causando a metástase óssea e continuando a se espalhar.

Tumor ósseo é possível causa da metástase

Tumor ósseo é uma porção de células que se multiplicam irregularmente, formando um “caroço”, ou um nódulo, podendo afetar desde o tecido ósseo até a cartilagem.

Existem tumores ósseos malignos primários, os que nascem no osso, ou malignos secundários, mais conhecidos como metástases, que são os tumores ósseos provenientes de outro tumor como mama, pulmão, etc., os quais já foram citados, e se alastraram para o osso.

Metástase óssea já tratada

Uma metástase pode se manifestar anos após a ocorrência do tumor primário, mesmo esse tumor já tendo sido tratado e extinguido, pois as células podem estar em estado de “dormência”, tanto nos vasos como já no próprio osso, esperando pelas condições mais adequadas para iniciar o seu desenvolvimento ou já tendo o iniciado, porém, de maneira mais lenta.

O tipo de câncer da metástase possui as mesmas características e similaridades do tumor primário, mesmo se encontrando em um local completamente diferente, pois a mutação que a célula teve não altera suas características e necessidades básicas, incluindo as condições necessárias ao desenvolvimento.

Também, é por isso que se justifica os locais de ocorrência da metástase óssea, as células cancerígenas que viajaram pelos vasos linfáticos ou pela corrente sanguínea precisam encontrar uma semelhança bioquímica nos ossos para que possam se desenvolver da mesma forma que no tumor primário. Justificando, da mesma forma, as proximidades dos locais da metástase óssea e do tumor que a causou.

A metástase óssea costuma ocorrer mais frequentemente nas Vértebras, 69 % dos casos, Pélvis, 41 %; Fêmur, 25% e Costelas, 25 %. Nos casos mais específicos, o câncer de mama causa metástase óssea mais frequentemente na bacia, costela, fêmur e úmero; nos casos de câncer de próstata os mais comuns são bacia e lombar.

Dúvidas sobre as causas da metástase óssea, deixe no comentário. Curta nossa página do Facebook para conferir as atualizações.


About Portal Universo da Saúde

Universo da Saúde - Um portal com conteúdos de qualidade sobre saúde, doença, causas, tratamentos, remédios caseiros e cuidados. Aproveite nossos conteúdos gratuitos e tome cuidado com a sua saúde.

Check Also

emulsão scott

Emulsão Scott – O que é, para que serve benefícios e preço

A Emulsão Scott é o conhecido óleo de bacalhau, uma receita do tempo de nossos …