Benefícios do óleo de lavanda: combate a insônia e acalma os nervos

A delicadeza do óleo de lavanda já é bem conhecida, principalmente por suas propriedades relaxantes, regeneradoras, antibacterianas e antissépticas.

Extraído das folhas roxas da Lavandula angustifolia, nome científico da lavanda, o óleo de lavanda tem propriedades terapêuticas, é comumente usado em aromaterapia e benéfica contra a caspa, acne, problemas nos nervos e má circulação sanguínea.

Existem muitos óleos essenciais no mercado, cada um para diversas finalidades, portanto é válido saber que o óleo de lavanda não causa irritação na pele nem tem contraindicação.

Saiba quais são os benefícios de adotar o óleo de lavanda em seu cotidiano para complementar os cuidados com a saúde.

1. Para ajudar a dormir melhor

O óleo de lavanda tem efeito relaxante e, por isso, é recomendado seu uso para quem sofre de insônia ou tem dificuldade para ter um sono reparador.

óleo de lavanda dormir melhor
Problemas relacionados ao sono podem ser tratados com o óleo de lavanda, mas em quantidades moderadas da substância

Para aproveitar esse benefício, use 4 gotas do óleo essencial de lavanda sobre o travesseiro ou no pulso. Respire profundamente o aroma.

2. Relaxa os músculos

Para quem sofre com contusões, dores musculares, dores nas costas, entorses ou tensão pode massagear a área afetada com o óleo essencial de lavanda.

O óleo atua como analgésico, combatendo a dor e a inflamação, ajudando a aliviar o stress, a tensão nos ombros e, inclusive, aliviar os sintomas da artrite reumatoide.

3. Aumenta a circulação sanguínea

Quando o fluxo sanguíneo é obstruído, seja por causa de sedentarismo ou da má alimentação, a pessoa pode sofrer formigamento e inchaço nas mãos e pés, podendo conferir um risco a aterosclerose.

Por esta razão, recomenda-se manter bons hábitos e usar o óleo de lavanda. A massagem com o óleo essencial ajuda a combater a má circulação.

4. Para repelir insetos

Algumas gotas no travesseiro ou na pele ajudam a repelir insetos, como mosquitos e pernilongos. Em caso de mordidas desses insetos, pode-se aplicar o óleo para reduzir dores e irritações.

O óleo de lavanda também é ótimo para pulverizar o ambiente e ajudar a repelir pulgas e carrapatos. Pode ser misturado à água ou em outros óleos essenciais, como óleo de coco, óleo de amêndoa ou óleo de semente de damasco. Essa mistura também pode ser usada sobre a pele.

5. Combate a acne, rugas e psoríase

O óleo de lavanda é uma ótima alternativa para quem deseja se livrar da acne, uma condição que afeta muitos adolescentes e é caracterizada por inflamação dos folículos capilares devido a grande produção de sebo e acúmulo de células mortas.

O óleo essencial de lavanda evita a infecção bacteriana e a formação de cicatrizes no rosto causadas pela acne, desde que usada todos os dias. A regeneração celular também ajuda a tratar as rugas, feridas, queimaduras e outros problemas de pele, como a psoríase.

6. Acalma os nervos

Pessoas que sofrem de estresse emocional, enxaquecas, esgotamento nervoso, depressão e ansiedade certamente se sentirão mais relaxadas ao inalar a fragrância suave do óleo essencial de lavanda.

As dores de cabeça podem ser aliviadas passando um pouco de óleo de lavanda nas têmporas e massageando suavemente.

7. Trata os problemas respiratórios

As propriedades antibacterianas do óleo de lavanda são benéficas também para o tratamento de asma, tosse, gripe, resfriado, amigdalite, laringite, bronquite e infecções na garganta.

O óleo de lavanda deve ser aplicado no tórax ou inalado a fim de combater os distúrbios respiratórios de forma rápida e natural.

8. Acaba com a micose

Outro benefício do óleo essencial de lavanda é que ele se revela eficaz contra a micose de unhas, devido as suas propriedades antifúngicas.

A micose é causada por fungos que se proliferam sobre as unhas, tornando-as opacas, quebradiças e deformadas, se não tratadas a tempo.

A lavanda cura a micose e hidrata as unhas, devolvendo a elas um aspecto bonito e bem tratado. Use poucas gotas sobre as áreas afetadas diariamente.

9. Evita a queda de cabelo

Massagear o couro cabeludo com óleo de lavanda pode ajudar no crescimento capilar, para quem sofre com a alopecia.

óleo de lavanda queda de cabelo
A queda de cabelo pode ser evitada com o óleo de lavanda, mas antes consulte um médico para saber mais sobre o motivo de sua queda capilar

É eficiente contra a caspa, além de uma ótima solução para remover piolhos e lêndeas, enquanto deixa um aroma agradável nos cabelos.

10. Atua no sistema digestório

Um dos benefícios do óleo de lavanda que poucos devem conhecer é a sua capacidade de agir no trato digestivo.

Dores de estômago, flatulência, cólicas, vômitos, diarreia e indigestão são aliviados com massagens no estômago ou abdômen, usando o óleo essencial de lavanda.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Receita de óleo de lavanda caseiro

Se você tem um pé de lavanda em seu quintal ou sabe onde comprar, é uma ótima forma de garantir um produto 100% puro. Veja como fazer:

Ingredientes

  • 1 punhado de flores frescas de lavanda;
  • 2 xícaras de óleo de amêndoas.

Modo de preparo

Primeiramente, é necessário secar as flores de lavanda. Deixe em um ambiente longe do sol ou que, pelo menos, não faça calor, a fim de assegurar que o processo não seja comprometido. Dependendo do ambiente, pode ser que as flores de lavanda demorem a secar, o que pode levar até 15 dias.

Com as flores secas, esmague-as um pouco, mas evite triturar para que elas não percam sua essência.

Em seguida, coloque o óleo de amêndoas (100% puro) em um recipiente e aqueça. São 2 xícaras de óleo de amêndoas para 1 xícara de flores de lavanda. Quando ferver, adicione as flores e deixe entre 2 a 3 horas.

  • Há receitas em que não é necessário aquecer o óleo, podendo acrescentar as flores de lavanda no recipiente com óleo de amêndoas e deixar descansar por 4 semanas. Durante esse processo é preciso misturar de vez em quando, para que o óleo possa absorver a lavanda.

Depois de aquecer ou, se preferir, deixar descansar pelo tempo proposto, coe o óleo de lavanda caseiro e sempre guarde-o em um local longe do sol.

O óleo de lavanda tem as propriedades que você procura em um óleo essencial? O produto tem muitas funcionalidades e um delicioso aroma, mas se os sintomas dos problemas citados persistirem, procure um médico.

Gostou deste artigo sobre óleo de lavanda? Então deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!

5 (100%) 37 votes