semente de linhaça

Semente de linhaça – 7 principais benefícios ao consumir a semente

A semente de linhaça é um cereal sem glúten, o que o torna uma boa opção para quem quer emagrecer, mas sofre de doença celíaca.

Da semente do linho (Linum usitatissimum), a linhaça é rica em fibras e ômega 3, substâncias benéficas que protegem o coração e os ossos, ajuda o intestino a funcionar, e também é capaz de reduzir os sintomas da TPM e da menopausa.

O consumo de 10 gramas por dia é o equivalente a mais ou menos 3,35 gramas de fibras, sendo que a semente de linhaça contém 13% de fibras do valor diário recomendado. Abaixo, uma lista com a porcentagem de nutrientes contidas na semente de linhaça:

  • Fibras: 13%
  • Magnésio: 13%
  • Manganês: 12%
  • Fósforo: 9%
  • Zinco: 6%
  • Gorduras totais: 6%
  • Proteínas: 3%
  • Ferro: 3%
  • Gorduras saturadas: 2%
  • Cálcio: 2%
  • Carboidratos: 1%

Esses valores diários referem-se a adultos com base em uma dieta de 2.000 Kcal ou 8.400 kJ. Cada pessoa tem necessidades diferentes e os valores, portanto, podem variar. Sabendo desses nutrientes, vamos conhecer os benefícios da semente de linhaça.

1. Ajuda a perder peso

As fibras presentes na semente de linhaça ajudam o organismo a liberar mais toxinas e não armazenar gordura, já que a glicose é liberada na corrente sanguínea mais lentamente, e isso reduz a necessidade de utilizar a insulina mais vezes.

semente de linhaça perda de peso
Perder peso com a semente de linhaça pode ser a melhor opção, já que ela não possui nenhum malefício para o seu organismo

Sabe-se que a insulina é responsável por armazenar gordura em nosso corpo, então quanto mais tivermos insulina, mais necessidade de comer alimentos que engordam teremos.

2. Controla a diabetes

Além de controlar, a linhaça ajuda a prevenir também, e o motivo é o mesmo que contribui para a perda de peso: a insulina é menos requisitada, porque as taxas de glicose diminuem.

Quanto mais insulina é produzida, mas os órgãos criam resistência a ela, o que resulta em diabetes tipo 2, uma doença caracterizada pela incapacidade do hormônio da insulina não ser mais capaz de absorver o açúcar no sangue.

3. Evita a constipação intestinal

O consumo de fibras aliado a uma boa quantidade de água, impede a constipação intestinal (prisão de ventre), atua no bom funcionamento do intestino e aumenta a imunidade, graças a produção de ácidos graxos de cadeia curta.

Esses ácidos graxos são produzidos através da digestão de fibras, que atuam na proliferação de bifidobactérias (bactérias do bem) e limpam a flora intestinal.

4. Tem ação anti-inflamatória

A semente de linhaça é capaz de controlar a inflamação causada por diversos fatores, como hiperglicemia, obesidade e tabagismo, por exemplo.

Essa ação anti-inflamatória funciona porque a linhaça consegue equilibrar as quantidades de ômega 3 e ômega 6, já que o ômega 6 é muito mais fácil de ser encontrado nos alimentos, e o excesso acarreta em inflamações.

Já o ômega 3 é anti-inflamatório, mas não é fácil de ser obtido. Contudo, a semente de linhaça fornece o equilíbrio entres ambos os ácidos graxos, para que eles apenas ofereçam benefícios.

5. Contribui para a saúde cardiovascular

Outro benefício da semente de linhaça é que suas propriedades são ótimas para evitar doenças cardiovasculares.

Há indícios de que o responsável por esse benefício à saúde do coração é o ômega 3, uma gordura poli-insaturada que pode converter o ácido alfalinoleico (ALA) em ácido eicosapentaenoico (EPA) e o ácido docosahexaenoico (DHA), reduzindo o colesterol ruim (LDL).

Ao reduzir o colesterol ruim, evita-se muitos problemas no coração, como a aterosclerose, causada pelo acúmulo de placas de gordura nas veias e artérias. Ao obstruir a passagem do sangue, existe o risco de um infarto ou AVC (Acidente Vascular Cerebral).

6. Evita a osteoporose

A semente de linhaça também é rica em lignana, uma substância comparada ao estrógeno, o hormônio feminino.

semente de linhaça previne a osteoporose
A semente de linhaça pode ser um excelente auxiliar natural para a prevenção de osteoporose

Como ocorre uma redução de estrógeno na menopausa e, durante esse período, existe o risco da mulher sofrer com a osteoporose, o consumo de lignana presente na semente de linhaça faz o papel do hormônio reduzido e protegendo os ossos.

Você também pode gostar destes conteúdos:

7. Reduz os sintomas da TPM

Mais uma vez a lignana tem papel fundamental no alívio de cólicas e outros sintomas relacionados à TPM (tensão pré-menstrual).

Além da lignana, outras substâncias favorecem a esse benefício, como a isoflavona e a fitoesteroide que, em grandes quantidades podem ajudar no controle dos hormônios.

A semente de linhaça é de baixo custo, fácil de ser encontrada e pode ser consumida pura, cerca de 1 a 2 colheres de sopa por dia. Também pode ser adicionada em vitaminas, sucos, frutas, iogurtes, sopas ou no preparo de algum alimento, como pães e tortas.

Algumas pessoas podem sofrer irritação na mucosa intestinal, por esta razão cada pessoa precisa descobrir a medida certa do consumo de semente de linhaça, que pode ser até meia colher por dia, mas o importante é não deixar de obter as propriedades valiosas desse nutriente para a saúde.

Gostou deste conteúdo sobre semente de linhaça? Então curta agora mesmo nossa página do Facebook: O universo da saúde no facebook!