Tratamento para engravidar – como é feito e preço.

O tratamento para engravidar é perfeito para aqueles casais que desejam ter um filho, mas que após vários meses de tentativa não conseguem o tão sonhado positivo. Com o avanço da medicina existem alguns tratamentos que podem ser realizados. Entretanto, tudo depende do que está causando a infertilidade, sua gravidade, a idade e os objetivos que o casal possui.

Quando há infertilidade o ideal é que o ginecologista seja consultado para que ele possa indicar um especialista que possa passar orientações corretas sobre o tratamento mais indicado para aquele caso. Assim, ele pode indicar como tratamento para engravidar a inseminação artificial ou a indução da ovulação, por exemplo.

Para quem tem o desejo de engravidar de gêmeos o especialista pode orientar a reprodução assistida. Mas para que esse ou qualquer outro tratamento para engravidar seja aplicado é preciso que a futura mamãe faça exames para saber como está sua saúde. Afinal, tem que ser levado em conta se há algum risco para a saúde da mãe.

Quem precisa de tratamento para engravidar

Sonhar com um filho, se planejar e dar início as tentativas é uma rotina para muitos casais. Segundo os especialistas não é tão comum a mulher engravidar logo no primeiro mês, mas isso pode acontecer. O ideal seria o casal tentar por um ano. Caso o objetivo não seja atingido é melhor procurar um médico para dar início a uma bateria de exames.

Quem precisa tratamento para engravidar
Caso esteja tentando engravidar a cerca de um ano e não tenha resultado, é indicado procurar um médico para fazer alguns exames e saber qual o próximo passo para que possa engravidar

É importante que tanto o homem quanto a mulher faça os exames indicados pelo médico. Somente assim é possível determinar se algum deles ou ambos possui algum problema que esteja atrapalhando a fecundação do óvulo. Ao identifica-lo o profissional poderá indicar o melhor tratamento para engravidar de acordo com aquele caso.

Algumas vezes a mulher possui problemas de saúde como diabetes, gordura no fígado e hipertensão, por exemplo. Nesses casos, não é aconselhado realizar um tratamento para conseguir gerar um filho, pois sua saúde já está comprometida. Para que outro ser seja gerado o organismo precisa estar muito bem. Caso contrário, tanto a mãe quanto o bebê podem se prejudicar.

Além do mais, se o tratamento for realizado nessa situação corre-se o risco de colocar em risco a vida da mulher. Isso se deve ao fato de alguns tratamentos irem de encontro ao problema de saúde que ela apresenta e com isso o quadro piora.

Nessa situação é preciso que a futura mamãe, antes de se tratar para poder gerar um filho, tem de cuidar da sua saúde. Somente após tudo estar devidamente controlado é que é possível fazer o tratamento indicado pelo médico para engravidar.

Como é feito o tratamento para engravidar

O tipo de tratamento para engravidar depende do que está causando a infertilidade. Entre as principais possibilidades estão:

Ovários policísticos

Quando há uma concentração alta de testosterona no sangue formam-se cistos nos ovários o que dificulta o processo para engravidar.

Nesse caso, o tratamento é feito através da indução da ovulação. Isso deve ser feito por meio de injeção hormonal ou ingestão de remédios que estimulem a ovulação. Em alguns casos a fertilização in vitro se faz necessária.

Endometriose

A endometriose trata-se do crescimento do tecido endométrio sem ser dentro do útero. Assim ele pode crescer nas trompas ou ovários, por exemplo. Com isso, o processo para engravidar pode ser dificultado ou até causar a infertilidade.

Muitas vezes esse problema é resolvido através de cirurgia que remove esse tecido o possibilita a gravidez. Entretanto, alguns casais precisam recorrer a fertilização in vitro para conseguir engravidar.

Endométrio fino

O endométrio tem de possuir pelo menos 8 mm para que o embrião consiga se implantar no útero. Entretanto, se ele tiver uma espessura menor a essa a implantação do embrião não irá ocorrer satisfatoriamente. Para tratar esse problema o médico pode passar uma medicação para que sua espessura aumente.

Trompas obstruídas

Através das trompas o ovulo passa até chegar ao útero para ser fecundado pelo espermatozoide. Caso elas estejam danificadas ou obstruídas essa passagem não acontece e por esse motivo os espermatozoides não conseguem chegar no óvulo o que dificulta a fecundação.

Esse problema pode ser causado por uma doença inflamatória pélvica, DST ou laqueadura anterior, por exemplo. Para tratar esse problema é preciso fazer uma cirurgia chamada laparoscopia. Caso não dê certo o melhor é fazer uma fertilização in vitro.

Problemas na ovulação

Mulheres que possuem problemas na ovulação possuem uma grande dificuldade para engravidar. Nesse caso, o tratamento mais indicado é a indução da ovulação e até a fertilização in vitro.

Primeiramente deve-se tentar a indução por meio da ingestão de remédios receitados pelo médico ou através de injeção de hormônios. Qualquer um deles provocará o mesmo efeito que é estimular a ovulação. Somente após esse tratamento é que é indicado a fertilização in vitro.

Produção de óvulos ineficiente

Algumas mulheres não conseguem produzir óvulos ou quando os produzem a qualidade é baixa. O tratamento para engravidar nesse caso é a fertilização in vitro. Entretanto, os óvulos implantados devem ser de uma doadora. Os espermatozoides utilizados são os do parceiro da mulher já os óvulos são doados. Após a fertilização o embrião é implantado no útero da mulher que possui o problema.

Espermatozoides com problemas

Pode acontecer do homem não produzir espermatozoides em quantidade suficiente ou nem produzi-los. O tratamento para esse caso pode ser realizado através de remédios que aumentam sua produção, fertilização in vitro ou inseminação artificial.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Tratamento para engravidar quanto custa

Tudo depende do tipo de tratamento que será utilizado para engravidar. A inseminação artificial pode ser feita em clínicas particulares ou pelo SUS. Se tiver condições de arcar com essa despesa o valor médio varia entre R$ 2,5 e R$ 4 mil. Quanto a chance de engravidar fica em torno de 15% em cada tentativa.

Se a fertilização in vitro for o tratamento indicado seu valor pode variar entre R$ 6 e R$ 15 mil. Lembrando que os custos com os medicamentos não estão inseridos nesse valor. Já as chances de engravidar nesse tratamento fica entre 30% e 50%.

Tratamento para engravidar pelo SUS

Endometriose, mioma, síndrome do ovário policístico e problema hormonal são alguns dos problemas que causam a infertilidade ou dificultam o processo para engravidar. O tratamento desses problemas varia de acordo com a gravidade da situação, mas geralmente está entre fertilização in vitro e indução da ovulação.



Como nem todos os casais possuem condições financeiras de arcar com um tratamento desses desde o ano de 2012 o SUS custeia o tratamento através da Portaria 3.149. Mas para poder ser atendido é preciso entrar numa fila de espera que em alguns estados existe.

Além do mais, algumas precisam ser cumpridas como, por exemplo, a renda familiar, idade mínima, realização de cursos, histórico de doença crônica entre outros critérios médicos determinantes para dar prioridade ou não do tratamento aquele casal.

Tratamentos naturais para engravidar

O sonho de engravidar é uma realidade entre vários casais. Um ótimo remédio natural que pode ajudar nessa questão é o chá de agnocasto. Ele é feito a partir da mesma planta que é utilizada para a fabricação do remédio Lutene. Suas propriedades ajudam na regulação dos ciclos da produção dos óvulos e evita a ocorrência dos indesejados abortos.

tratamento para engravidar natural
Tratamentos naturais para engravidar podem ser muito acessíveis e trazer o resultado esperado sem gastar muito

Para preparar esse chá somente é preciso de 1 litro de água fervente e 4 colheres das de sopa de agnocasto. Os dois devem ser colocados numa panela e ali permanecer em repouso por 15 minutos. Após coar o chá pode ser bebido. O indicado é tomar 3 xicaras por dia para que a infertilidade feminina seja tratada.

Há ainda a maca peruana que possui propriedades que estimulam a produção dos folículos ovarianos. Para utiliza-la basta colocar entre 2 e 3 colheres das de chá desse pó num copo de vitamina, chá ou suco de sua preferencia.

Outra opção é o saw palmetto que possui fitoestrogênios e ácidos graxos que combatem os ovários policísticos e ainda atua na produção dos espermatozoides. Para utiliza-lo coloque 15 gotas do seu extrato num copo com água e tome 3 vezes ao dia.

A raiz de falso unicórnio consegue ajudar a produzir hormônios devido ao estímulo provocado para que haja a ovulação. Apenas é preciso consumir 2 g do seu extrato seco diluído num copo de vitamina, suco ou água todos os dias.

A shatavari é uma planta indiana que possui saponinas esteroidais que são capazes de diminuir os espasmos uterinos. Por causa disso o aborto espontâneo é evitado. Basta consumir 3g desse extrato seco todos os dias diluído na vitamina, suco ou água.

Gostou deste artigo sobre tratamento para engravidar? Então deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!


5 (100%) 19 votes

2 comments

  1. milagre da gravidez

    Nossa! Quanta informação de qualidade nesse site. Parabéns e sucesso