Tratamento para flacidez: os 8 melhores tratamentos.

A busca pelo corpo perfeito é uma realidade cada vez mais presente na sociedade, estabelecendo um padrão que pode ser prejudicial em muitos casos. No entanto, independente do corpo que se tem, a flacidez é algo que sempre incomoda e muita gente desconhece a existência de tratamento para flacidez.

Em casos de pessoas que emagrecem demais e acabam com aquele excesso de pele, existe o tratamento para flacidez na barriga. Assim como no próprio rosto que podem ser reduzidos através dos vários tipos de tratamento para flacidez no rosto.

A tecnologia é uma arma que se deve usar a favor nesses casos, que acabam por contribuir com vários fatores de uma única vez, como com o tratamento para flacidez e celulite.

Além do tratamento para flacidez muscular, amplamente utilizado em academias e ambientes esportivos. Abaixo você conhecerá oito tratamentos eficazes para os mais variados fins.

Peeling Químico

O peeling é um dos procedimentos estéticos que mais tem crescido nos últimos tempos e certamente você já ouviu falar nele. Não é um procedimento invasivo e nem apresenta grandes sofrimentos.

Peeling quimico
O peeling quimico trabalha basicamente com a renovação das células e eliminação de células mortas.

Ele trabalha basicamente com a renovação das células e eliminação de células mortas. Para que isso aconteça é aplicada uma solução cremosa na área desejada que cuidará exatamente dessa organização em remover as camadas danificadas da pele.

A solução será escolhida de acordo com a análise do médico sobre as necessidades do paciente. O peeling é uma das melhores indicações de tratamento para flacidez no rosto.

Vantagens: Funciona bem em qualquer processo regenerativo já que trabalha com a melhora da pele, sua textura e tecido, pequenas rugas e cicatrizes, além de manchas.

Contraindicações: Por tratar diretamente da pele, não se recomenda quem estiver em tratamento ativo na pele, lesões ou alguma doença ou inflamação na região.

Sessões: A quantidade de sessões do peeling varia de acordo com a necessidade do paciente e instruções do profissional.

Radiofrequência

A rádio frequência trabalha com a emissão de correntes de alta frequência sob a pele da área desejada, fazendo com que esse contato gere calor e estimule o tecido na produção de substâncias importantes para a renovação da pele, como o colágeno.

Para auxiliar o procedimento, aplica-se um gel sob a pele e com o auxílio de um equipamento conhecido como transdutor, as correntes são aplicadas com o objetivo de transmitir calor sobre a área.

Os processos de radiofrequência, por terem muitas funções, acabam por se tornar um dos melhores tipos de tratamento para flacidez e celulite.

Vantagens: Trabalha diretamente contra flacidez e celulite melhorando a remodelação da área desejada, sendo muito útil no processo de redução de rugas e linhas de expressão, acnes e estrias.

Contraindicações: Mulheres grávidas são proibidas de fazerem esse procedimento, além de pessoas com diabetes e hipertensão. Por ser um tratamento que envolve corrente elétrica, pessoas com marca-passo e próteses metálicas também não devem fazer.

Sessões: Variam de caso para caso, mas há um mínimo de oito sessões para se observar um bom resultado.

Carboxiterapia

A Carboxiterapia também é um tratamento para flacidez e celulite e tem como objetivo a renovação do tecido por meio da provocação de uma lesão. O tratamento consiste na aplicação injetada de CO2 na pele, que desencadeia um processo que faz com que as células produzam colágeno e elastina naquela área.

tratamento para flacidez
A Carboxiterapia também é um tratamento para flacidez e celulite e tem como objetivo a renovação do tecido por meio da provocação de uma lesão.

O gás carbônico possui essa capacidade da quebra de células adiposas e renovação das mesmas através da nova configuração organizacional e aumento do colágeno, fundamental para a tonificação da pele.

Vantagens: Muito indicada não somente para a flacidez como para o tratamento da celulite, que é uma das mais populares buscas pelo procedimento, gordura localizada e até mesmo olheiras.

Contraindicações: Pessoas com qualquer tipo de alergia, lesão ou infecção, pessoas com câncer, doenças cardíacas ou pulmonares, obesidade em grau avançado, mulheres grávidas e pessoas com distúrbios psicológicos.

Sessões: Variando de acordo com os resultados dos processos, podem ser feitas de oito a doze sessões com a frequência semanal.

Mesoterapia

Muito conhecida como intradermoterapia é, como o próprio nome sugere, um procedimento que introduz diretamente algo na pele, nesse caso uma combinação de medicamentos.

Os medicamentos são manipulados por um médico responsável de acordo com o objetivo, necessidade e condições de saúde do paciente e posteriormente aplicados nos músculos pela pele.

Como tratamento para flacidez na barriga, requer muito cuidado e acompanhamento devido à combinação dos medicamentos, que devem ser analisados para cada caso em particular, para que não hajam efeitos colaterais.

Vantagens: Muito indicada também para tratamento de celulites e estrias, além de gordura localizada.

Contraindicações: Pessoas com doenças ou lesões na pele ou possíveis reações alérgicas a medicamentos, mulheres gestantes ou recém paridas, pessoas com doenças autoimunes.

Sessões: As sessões variam de cinco a dez dependendo do caso, com um tempo médio de meia hora por sessão, normalmente recomendadas como semanais.

Iontoforese

A iontoforese não é um procedimento evasivo e acontece todo sob a pele, através de uma corrente com fluxo constante de elétrons que começa e termina através de dois eletrodos comuns.

Para auxiliar esse processo, uma substância com composição estudada e produzida pelos médicos é colocada sob a região onde a corrente será aplicada, com a corrente elétrica é que essa substância se introduz a pele, sem a necessidade de qualquer injeção.

A substância atravessa a pele por processos químicos, como a eletrorrepulsão, que cria um campo elétrico que acaba absorvendo as moléculas da substância, ou a eletrosmose, quando o corpo absorve os íons de fora para se equilibrar.

Vantagens: As vantagens mais claras da Iontoforese é o fato de ser um tratamento sem dor, não evasivo o que o torna atrativo para uma parcela considerável de pessoas. Além disso, pela retidão do material do produto, o processo tende a ser mais longo além de complexo, ao continuar trabalhando ali naquela região durante um tempo.

Contraindicações: Pessoas que apresentem qualquer tipo de problemas circulatórios, lesão na área desejada, diabetes, marca-passo, perda de sensibilidade e irritabilidade da pele que possa desencadear alguma reação, tonturas e dor de cabeça.

Sessões: A frequência das sessões dependa da região a ser tratada pelo paciente e da sua necessidade, sempre intercalando e acrescentando um tempo entre elas para não sensibilizar demais a pele. Recomenda-se, normalmente, algo em torno de dez sessões para um bom resultado.

Microcorrente

Acontece de forma semelhante a iontoforese, no entanto utiliza-se de correntes menores como o próprio nome diz. Essas microcorrentes são menos intensas que as correntes habituais deixando de provocar sequer a conhecida sensação de formigamento.

Diferente da anterior, não tem a força e a capacidade de transportar material para dentro da pele, no entanto consegue se comunicar com as células de outra maneira.

Se baseia na combinação da corrente elétrica com a emissão elétrica natural do corpo, fazendo com que as células sejam ativadas diretamente, trabalhando na sua regeneração e aumento da produção de elementos que combatem a flacidez, como o colágeno natural.

Vantagens: Funciona não somente como combate à flacidez, como também em processos de reparação do tecido e da pele, cicatrização de acne e melhora de estrias.

Contraindicações: Não são recomendadas para mulheres gestantes, pessoas com problemas alérgicos, pacientes imunodeprimidos, além de pessoas com marca-passo ou próteses metálicas.

Sessões: As sessões podem ser de até duas vezes na semana, com um mínimo de dez de frequência para se reconhecer alguma mudança. Em casos mais simples talvez não seja necessárias tantas aplicações.

Microagulhamento (Dermaroller)

O microagulhamento é um processo que vem se tornando muito popular, apesar de uma técnica invasiva e a princípio um pouco mais intimidante. Consiste numa espécie de acupuntura um pouco mais intensa, com um rolo com uma média de duzentas pequenas agulhas que se aplicam na pele.

Sim, as agulhas provocam pequenos furinhos na pele que fica com alguns pontos de sangue, processo conhecido por afetar diretamente na vasodilatação e na consequente produção de colágeno.

Apesar de parecer agressivo à primeira vista, tem se tornado um dos mais populares tipos de tratamento de flacidez no rosto, nos últimos anos.

Vantagens: Muito utilizado contra a flacidez, acne quando não ativa, melasma e até mesmo cicatrizes.

Contraindicações: Não é recomendando para pessoas com diabetes, que apresentem alguma lesão ou doença de pele, acene e herpes em processo ativo.

Sessões: Por ser um procedimento invasivo, as sessões de Microagulhamento não são próximas uma da outra, tendo aproximadamente um mês de diferença entre elas. As sessões duram em média de meia a uma hora e a quantidade dever ser estipulada de acordo com a necessidade do paciente, por médico responsável.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Corrente Russa

A corrente russa é uma entre os muitos procedimentos de combate a flacidez que se utilizam de corrente elétrica. Nesse caso em específico trabalhando diretamente no músculo e na sua resistência e cuidado.

Sendo comumente utilizada nos ambientes esportivos, trabalhando muitas vezes na manutenção ou recuperação do músculo. O que faz com que seja muito indicada também para pós-operatórios.

Essa corrente cuida diretamente dos benefícios de tonificação, diminuindo a flacidez e garantindo estética sem celulites ou rugas, funcionando como tratamento para flacidez muscular.

Vantagens: Cicatrização de tecidos, redução de dores e trabalho músculos sendo muito utilizada no ambiente esportivo, combate a flacidez e fortalece os músculos garantindo resistência e estética.

Contraindicações: Por ser um procedimento com corrente elétrica, não é permitida para usuários de marca-passo, próteses metálicas, entre outras, além de pessoas com problemas de pressão, problemas reinais ou doenças cardiovasculares.

Sessões: As sessões podem ser feitas numa frequência de até três vezes na semana, tendo cada uma duração aproximada de vinte minutos. Por ter um trabalho focado no músculo, a repetição contínua desse movimento pode não ser saudável.

Caso este artigo sobre tratamento para flacidez tenha lhe ajudado, deixe um comentário e curta O universo da saúde no facebook!

 

5 (100%) 19 votes

One comment

  1. Interessante.