Home / Remédios / Vacinas para o bebê – veja as principais vacinas dos primeiros meses de vida

Vacinas para o bebê – veja as principais vacinas dos primeiros meses de vida

Nada mais mágico que o começo de uma vida, neste momento, é preciso diversos cuidados, tais como, as vacinas que os bebês devem tomar.

As vacinas para bebês são aquelas aplicadas no primeiro ano de vida, sendo importante lembrar que estas estão disponíveis de forma gratuita no sistema único de saúde.

Você sabe quais as vacinas o bebê deve tomar até o primeiro ano de vida? Veja a seguir uma lista completa sobre o assunto, com detalhamento de mês a mês, e cuide da sua saúde e da do bebê!

Primeiro Mês

No primeiro mês de vida, as vacinas que o bebê deve tomar são as seguintes:

BCG: protege o bebê contra tuberculose, doença que ainda é comum no Brasil. A vacina é composta pela forma atenuada da bactéria que causa a doença. A BCG não costuma provocar reações de imediato, porém, após 2 a 3 semanas pode acontecer uma reação no local, que é após evolui para uma cicatriz, sendo que é aplicada uma única dose logo após o nascimento.

vacinas para o bebe BCG
A vacina protege contra a tuberculose, que é a doença que mais atinge a população e que deve ser evitada a todo custo

Hepatite B: protege contra a referida doença, é produzida por uma parte do vírus causador da doença, sendo bastante segura e eficaz e aplicada em 3 doses.

Segundo mês

Hepatite B: deve ser aplicada a segunda dose desta vacina.

DTP (difteria, tétano e coqueluche): é uma vacina feita com a combinação de toxinas inativas (tétano e difteria) e de partes da bactéria causadora da coqueluche. Existem efeitos diversos após a aplicação, dentre os principais estão febre e dor, devendo ser aplicada em 3 doses com 2 reforços.

HIB (Haemophilus influenzae): protege contra a bactéria Haemophilus B responsável por causar doenças como: meningite, pneumonia e epiglotite (inflamação na glote). Esta vacina para bebê deve ser tomada em 3 doses com 2 reforços.

Pólio (oral ou inativada): protege contra a paralisia infantil, existe atualmente dois tipos desta vacina, a Sabin (vírus atenuado) e a Salk (vírus inativo), também deve ser tomada em 3 doses com 3 reforços.

Rotavírus: protege contra o agente das diarreias em crianças, o rotavírus (atenuado), devendo ser tomada por via oral em 2 doses.

Pneumocócica conjugada: protege o bebê contra o pneumococo causador da meningite e pneumonia, a vacina é feita com 13 sorotipos de pneumococos, devendo ser aplicada 3 doses e 1 reforço.

Atenção: existe em algumas regiões a possibilidade de junção da DPT, HIB, Pólio e Hepatite B em uma só, conhecida como hexavalente.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Terceiro mês

-Meningocócica C: protege contra meningococo C, que causa a meningite menigocócica, que é uma infecção grave, a aplicação é feita em 2 doses e 1 reforço.

Quarto mês

No quarto mês as vacinas do bebê devem ser a segunda dose das seguintes:

DTP: deve ser dada ao bebê a segunda dose desta vacina, desta vez, as reações tendem a ser mais leves.

HIB: deve ser dada a segunda dose da HIB no quarto mês do bebê, e as reações também costumam ser mais amenas.

-Pólio: deve ser dada a segunda dose da pólio, não há reações intensas também nesta aplicação, assim como na primeira.

-Rotavírus: deve ser dada a segunda dose da rotavírus, sendo esta a última dose necessária.

Pneumocócica conjugada: a segunda dose da pneumocócica deve também ser aplicada neste mês de vida do bebê.

Atenção: assim como supracitado acima, existe em algumas regiões a possibilidade de junção da DPT, HIB, Pólio e Hepatite B em uma só, conhecida como hexavalente.

Quinto mês

-Meningocócica C: deve ser dada a segunda e última dose da meningocócica.

Sexto mês

No sexto mês o bebê deve tomar as terceiras doses das seguintes vacinas:



Hepatite B: deve ser dada a terceira e última dose da Hepatite B.

DTP: deve ser dada a terceira e última dose da DTP.

HIB: dever ser dada a terceira e última dose da HIB.

Pólio: deve ser dada a terceira e última dose da Pólio.

-Influenza: deve ser dada a primeira dose da Influenza, que protege contra alguns tipos de vírus causadores da gripe (produzida a partir do vírus morto), por se tratar de um vírus que sofre mutações esta vacina é aplicada em 2 doses com intervalo de 1 mês entre estas, e repetida anualmente.

Atenção: assim como supracitado nos meses acima, existe em algumas regiões a possibilidade de junção da DPT, HIB, Pólio e Hepatite B em uma só, conhecida como hexavalente.

Primeiro ano

No primeiro ano de vida do bebê as vacinas se diferem um pouco das anteriores. Sendo elas:

Meningocócica C: deve ser aplicada a dose de reforço da meningocócica C.

SCR: esta vacina protege contra três tipos de infecções virais, a caxumba (que é a inflamação aguda da glândula parótida), o sarampo (doença que pode trazer diversas complicações perigosas) e a rubéola (doença grave que pode atingir e ser fatal a grávidas). Esta vacina é produzida a partir do vírus com vida, é aplicada em 2 doses, sendo a primeira no primeiro ano e a segunda do quarto ao sexto ano de vida.

Varicela: deve ser aplicada a primeira dose da varicela, que protege contra as formas mais intensas de varicela. Sendo que a varicela é uma infecção viral perigosa que induz a formação de diversas vesículas por todo o corpo, causa também febre intensa e queda na drástica na imunidade. É produzida a partir do vírus atenuado, sendo aplicada em 1 dose e um reforço, a 1 dose é dada no primeiro ano de vida e a segunda na fase pré escolar (4-6 anos de idade)

vacinas para o bebe varicela
A vacina de varicela é muito forte e protege até contra as formas mais perigosas da doença

Hepatite A: protege contra a hepatite A, que é um também uma infecção viral que causa uma inflamação extremamente grave no fígado. A vacina é produzida a partir do vírus inativo, devendo ser dada ao bebê em 2 doses, com intervalo de 6 meses.

Atenção: há a possibilidade de junção da SCR e da Varicela em uma única vacina, sendo conhecida como Treta valente Viral.

Contudo, é importante lembrar que as vacinas são um dos maiores avanços da medicina, sendo de suma importância atentar-se às épocas em que os bebês, as crianças e até mesmo os adultos precisam delas.

Gostou deste artigo sobre vacinas bebê? Então deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!


About Portal Universo da Saúde

Universo da Saúde - Um portal com conteúdos de qualidade sobre saúde, doença, causas, tratamentos, remédios caseiros e cuidados. Aproveite nossos conteúdos gratuitos e tome cuidado com a sua saúde.

Check Also

dermacosmeticos

Dermocosméticos

Os dermocosméticos já são conhecidos das mulheres, principalmente as que estão acima dos 30 anos …