Home / Tratamentos e Remédios Naturais / Vitamina B1 – Benefícios e onde encontrar

Vitamina B1 – Benefícios e onde encontrar

O dia a dia da maior parte da população brasileira é bem corrido, as pessoas precisam trabalhar, estudar, realizar os afazeres domésticos, cuidar dos filhos, realizar atividades físicas e também tem aqueles que vivem em grandes cidades e precisam enfrentar os enormes e cansativos congestionamentos.

Infelizmente nessa correria muitos acabam não se alimentando direito, como consequência disso o organismo não consegue repor as vitaminas e nutrientes indispensáveis para o bom funcionamento do corpo.

A falta de certas substâncias podem gerar diversos malefícios a saúde do indivíduo, por isso que é necessário buscar pelos alimentos mais saudáveis.

Uma vitamina muito importante para o organismo é a vitamina B1, ela é responsável pela manutenção do sistema nervoso, muscular e também do coração, atua no desenvolvimento e crescimento do corpo humano e auxilia no metabolismo.

Existem vários alimentos que possuem em sua composição a vitamina B1, alguns deles são: cereal integral, peixe e linhaça.

Este artigo abordará o que é vitamina B1, quais são os seus benefícios, quantidade recomendada, riscos do consumo em excesso, carência de vitamina B1 e fontes de vitamina B1.

Saiba mais sobre a vitamina B1 e esclareça suas dúvidas com relação ao assunto.

O que é

A vitamina B1 também é chamada de tiamina, essa substância faz parte do grupo complexo B.

vitamina B1 o que é
Conheça a vitamina B1 e saiba como ela pode mudar o funcionamento do seu organismo de maneira benéfica

A tiamina já foi classificada como uma vitamina independente, conhecida como vitamina F, no entanto, foram feitos alguns estudos de suas características químicas e atividades biológicas que a colocaram como integrante do conjunto do complexo B.

Esse elemento é estruturando por um grupamento tiazol e uma pirimidina, surgindo assim à vitamina B1. Alguns microrganismos conseguem realizar a sua síntese naturalmente, como, por exemplo, determinadas bactérias, fungos e protozoários. Certos vegetais podem fazer a biossíntese dessa substância. Contudo, os animais, precisam consegui-la mediante uma alimentação rica em tiamina.

No corpo humano a absorção da vitamina B1 será feita no intestino delgado, sendo normalmente liberada junto a grupamentos fosfato.

Depois de ser hidrolisada por enzimas fosfatases, a vitamina B1 livre pode se ligar a determinados receptores e acabar sendo internalizada ativamente pelas células entéricas.

Se o consumo dessa substância for elevado, será possível que ela entre passivamente, porém em nível diário maior que 5 mg, a atividade de absorção cairá repentinamente.

Grande parte da tiamina é armazenada no fígado, podendo ser encontrada também nos ossos, músculos, cérebro e rins. A vitamina B1 em forma livre pode ser localizada no plasma sanguíneo.

Dentro das células essa substância atua como uma coenzima no metabolismo de aminoácidos e glicose que produzem ATP para a célula, sendo, portanto, um elemento relevante para o suprimento energético celular.

Benefícios

A vitamina B1 promove muitos benefícios para o corpo humano, são eles:

  • Auxilia na capacidade do organismo resistir a situações que provoquem estresse;
  • Aumenta a energia;
  • Torna o fígado mais saudável;
  • Promove benefícios para os cabelos, olhos e pele;
  • Melhora o funcionamento do sistema nervoso;
  • Contribui com a atividade da função cerebral;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Algumas pesquisas apontam que a vitamina B1 pode ajudar na doença de Alzheimer;
  • Algumas pesquisas indicam que a tiamina pode ajudar na insuficiência cardíaca;
  • Certos profissionais informam que a ação da vitamina B1 quando associada a outros nutrientes, pode reduzir o risco do indivíduo desenvolver catarata;
  • Ajuda as células a metabolizar a glicose;
  • Auxilia na perda de peso;
  • É um aliado no ganho de massa muscular;
  • Previne o envelhecimento precoce;
  • Contribui com a produção de glóbulos vermelhos;
  • Bom para a memória, contração e raciocínio;
  • Dá sensação de bem estar e vitalidade;
  • A tiamina pode eliminar as deficiências advindas do alcoolismo.

Quantidade recomendada

A vitamina B1 desempenha muitos papéis no organismo e precisa ser diariamente consumida. Abaixo seguem as doses para cada indivíduo:

  • Adultos devem consumir uma dose diária de 0,5 mg por 1000 kcal, com isso uma quantidade de 1,0-1,1 mg por dia devem ser ingerido por mulheres e 1,2-1,5 mg por homens, sendo baseada na média de calorias ingeridas;
  • Para mulheres grávidas ou em período de amamentação pode ser adicionado 0,4 a 0,5 mg por dia;
  • No caso de um bebê é indicado consumir cerca de 0,3-0,4 mg por dia;
  • Uma criança deve ingerir 0,7-1,0 mg por dia, isso de acordo com a idade e ingestão calórica.

A vitamina B1 pode ser usada para fins terapêuticos, como, por exemplo, no tratamento do beribéri, síndrome de Wernicke-Korsakoff, nevrite periférica e em outros problemas decorrente da insuficiência da vitamina. A dose diária pode ser de 100 mg/dia para os casos de deficiência mais leve e em situações grandes o sugerido é a ingestão entre 200 mg e 300 mg/dia.

O consumo da tiamina é importante na neurite associada ao consumo excessivo de álcool ou na gestação.

No caso da polineuropatia alcoólica, a dose recomendada no tratamento pode ser entre 10 e 15 mg/dia. Se o alcoolismo causar delirium tremens, será orientada pelo médico a administração de doses de vitamina B1 e outras substâncias vitamínicas por meio de injetáveis.

Riscos do consumo em excesso

Geralmente o consumo da tiamina em excesso não é muito fácil de acontecer se relacionado com a sua deficiência, contudo, a superdosagem por meio da suplementação pode gerar alguns efeitos colaterais e sinais específicos.

O elevado nível de vitamina B1 pode causar a interferência do metabolismo das vitaminas do grupo completo B. No entanto, por ser uma substância hidrossolúvel, o excesso normalmente não se acumula no organismo, sendo eliminada por meio da urina que se torna mais amarelada.

No geral, a tiamina é aceita pelo organismo em doses de até 200 mg ou mais por dia.

Carência de vitamina b1

A carência da vitamina B1 é identificada como uma das mais comuns deficiências nutricionais, isso acontece devido sua fragilidade e por ela ser mais susceptível a destruição pelo processamento, podendo ocorrer desde o cozimento até armazenamento.

A deficiência da tiamina pode ser classificada de duas formas: aguda ou crônica, geralmente está relacionada à deficiência de outra vitamina do complexo B.

O problema mais grave dessa carência é o beribéri, essa patologia atinge o sistema do corpo, como, por exemplo, o sistema nervoso, digestivo e o coração, os seus sinais envolvem falta de atenção, movimentos oculares anormais, apatia, depressão, mudança de comportamento, entre outros.

A deficiência acontece geralmente em indivíduo que consomem uma elevada quantidade de bebida alcoólica, pessoas desnutridas, com vômitos constantes e também aqueles que realizaram a redução de estômago (cirurgia bariátrica).

A ingestão do álcool pode gerar uma elevação da utilização da vitamina B1, o que prejudicará a sua absorção.

Os sintomas que indicam a falta de tiamina no organismo são:

  • Insônia;
  • Dificuldades em se concentrar;
  • Ansiedade;
  • Perda de memória;
  • Agressividade;
  • Fadiga;
  • Depressão;
  • Falta de apetite;
  • Falta de sensibilidade do tato;
  • Queimação nos pés;
  • Falta de energia;
  • Dor no abdômen;
  • Queimação nos pés;
  • Dor no peito.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Fontes de vitamina b1

A vitamina B1 pode ser encontra em diversos alimentos e também pode ser produzida como suplementos multivitamínicos associada com outras vitaminas do grupo complexo B.

vitamina B1 fontes
Conheça as fontes de vitamina B1 para que possa inserir essa substancia natural em seu cardápio

As fontes de alimentos que possuem tiamina são:

  • Cevada;
  • Peixe;
  • Sementes de girassol;
  • Cacau;
  • Legume;
  • Presunto;
  • Centeio;
  • Cereal integral;
  • Macarrão integral;
  • Castanha do Pará;
  • Noz;
  • Levedo de cerveja;
  • Arroz integral;
  • Beterraba;
  • Queijo;
  • Farinha de trigo integral;
  • Flocos de cereais;
  • Fígado;
  • Leite;
  • Limão;
  • Carne de porco;
  • Rim;
  • Laranja;

 

Gostou deste artigo sobre vitamina B1? Então deixe um comentário e curta O universo da saúde no Facebook!


Veja!

dor couro cabeludo

Dor no couro cabeludo: causas e tratamentos

A dor no couro cabeludo é uma sensação incômoda e parece que o couro está …